Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sánchez faz quatro, Di Natale três, e Udinese destrói o Palermo

O ex-palmeirense Pablo Armero também teve boa apresentação, dando uma assistência e sofrendo pênalti na goleada de 7 a 0.

Gazeta |

Com show da dupla Alexis Sánchez e Antonio Di Natale, a Udinese destruiu o Palermo por 7 a 0, graças também às expulsões de Matteo Darmian e Armin Bacinovic. O domingo do time siciliano foi ainda pior, pois a partida aconteceu à frente dos seus torcedores, no estádio Renzo Barbera. O ex-palmeirense Pablo Armero assistiu um dos gols e sofreu um pênalti.

O duelo, inclusive, era entre duas equipes que brigam por vaga na Copa dos Campeões da Europa no Campeonato Italiano. Agora, a Udinese se consolidou na quinta colocação, com 47 pontos, uma a menos que a quarta colocada Lazio, de Hernanes. O Palermo, por sua vez, ficou em oitavo, com 40 pontos.

Di Natale marcou três gols e ultrapassou Edinson Cavani na artilharia do torneio. Agora, o veterano soma 21 tentos, contra 20 do jogador que enfrenta o Milan, na segunda-feira, usando a camisa do Napoli. Já o chileno Sánchez, em Udine desde 2008, nunca havia balançado as redes mais de uma vez em partidas da Série A italiana, mas venceu o goleiro Salvatore Sirigu em quatro oportunidades neste domingo.

Nas outras partidas, dois zagueiros brasileiros foram protagonistas. Em Roma, o time da casa abriu o placar com Totti, de pênalti, e Juan, mas a crise parece não ter fim. A equipe de Vincenzo Montella, substituindo o demitido Claudio Ranieri, permitiu que o também brasileiro Amauri marcasse duas vezes e empatasse o jogo.

Já André Dias, ex-defensor do São Paulo, fez contra na derrota da Lazio para o Cagliari por 1 a 0. Os outros duelos terminaram empatados, pois Bari e Fiorentina não saíram do 1 a 1 e Brescia e Lecce fizeram dois gols cada.

O Cesena, no fim do jogo, fez com Jimenez o gol da vitória sobre o Chievo. 

O jogo - O calvário do Palermo começou logo aos 10 minutos, quando o colombiano Armero cruzou na cabeça de Di Natale. Aos 21, Sánchez completou um escanteio de canhota, ampliando o placar. Aos 34, Di Natale enfiou a bola para o chileno marcar o seu segundo na partida, desta vez de perna direita.

Nos últimos instantes do primeiro tempo, Armin Bacinovic recebeu o segundo cartão amarelo de Sebastian Peruzzo e foi expulso. Na sequência, Di Natale fez o quarto e Sánchez, após contra-ataque, obrigou o Palermo a ir aos seus vestiários sendo goleado por 5 a 0.

Na volta a campo, o time siciliano não teve três minutos de sossego, pois Sánchez fez mais um, chutando da ponta direita da pequena área, no meio do gol de Sirigu. Aos 15, Matteo Darmian derrubou Armero dentro da área, Sebastian Peruzzo marcou pênalti e expulsou o defensor. Di Natale bateu, definindo o placar.

Com larga vantagem no placar e impondo a pior goleada da história do Palermo dentro de casa, a Udinese tirou o pé após marcar o sétimo.

Veja os resultados dos jogos de domingo do Campeonato Italiano:

Catania 2 x 1 Genoa
Roma 2 x 2 Parma
Bari 1 x 1 Fiorentina
Brescia 2 x 2 Lecce
Cagliari 1 x 0 Lazio
Cesena 1 x 0 Chievo
Palermo 0 x 7 Udinese

 

Leia tudo sobre: UdinesePalermoCampeonato Italiano 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG