Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sanchez chama Koff de "mentiroso" e mantém postura contra o C13

Em coletiva, presidente do Corinthians negou que esteja devendo cotas antecipadas

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O presidente Andrés Sanchez, do Corinthians, concedeu entrevista coletiva na manhã deste sábado para reafirmar a posição unilateral do clube em relação à negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012. Declaradamente fora do Clube dos 13, Sanchez assegurou que o Corinthians conseguirá um contrato com uma emissora com um valor maior do que receberia se ainda estivesse ligado ao C13.

“Eu tenho certeza que vou conseguir mais. Se eu vou te dar o meu segredo? Quando eu assinar contrato, venho aqui e mostro para todo mundo, quanto vai ganhar, quanto vai entrar. Quando estiver certo, venho aqui e mostro”, disse o presidente corintiano.

Sanchez acredita que o Corinthians assinará um contrato acima dos R$ 42 milhões previstos pelo C13 somente com os direitos para transmissão em TV aberta. Uma outra negociação, com outros valores, seria aberta para cessão dos direitos de transmissão em TV fechada, à la carte e internet. Hoje, o Corinthians recebe R$ 18 milhões por ano, valor repassado pelo C13, pelo direito de transmissão em TV aberta.

Na coletiva, Sanchez negou que o Corinthians tenha alguma dívida com o Clube dos 13. Em entrevista ao iG, Fábio Koff afirmou que “12, 13, 14 times” dos 20 associados já anteciparam cotas de TV dos campeonatos brasileiros futuros antes da negociação dos direitos e da decisão de que emissora pagará para transmitir os jogos. O Corinthians tem até setembro para pagar uma dívida de R$ 25 milhões pelas cotas, que segundo Andrés, se referem exclusivamente à antecipação do pagamento para o campeonato deste ano.

“Mentiroso (Fábio Koff). O Corinthians antecipou algumas cotas até setembro. Em vez de receber para mim, o dinheiro vai para o Clube dos 13. Dia 20 de setembro eu não devo nada, nada, estaria devendo se recebesse da Globo e não repassasse para o Clube dos 13”, disse Andrés, que cobrou mais transparência de Fábio Koff.

“Demorou 20 anos, mas antes tarde do que nunca (para os clubes negociarem sozinhos seus direitos). Ética é colocar o balanço no site, explicar o que consome e o que gasta (o clube dos 13). Respeito muito o Koff, mas acho que tomou algumas atitudes erradas. Deixo claro que o Corinthians não deve nada. Se tem clube que está devendo os próximos, como que o presidente dá aval?”

Sanchez disse que já conversou Record e Globo e que ainda tratará com a RedeTV!, única emissora que apresentou interesse formal ao C13 para adquirir os direitos de transmissão dos Brasileiros de 2012 a 2014. “Quem está resolvendo isso é o (Luís Paulo) Rosemberg (diretor de marketing)”, disse Andrés.

 

Leia tudo sobre: CorinthiansKoffAndrés Sanchezcampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG