Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sampaio quer Palmeiras guerreiro e acredita em recuperação

Ex-volante assume aposição de gerente com o objetivo de tirar o clube paulista da crise

Gazeta |

César Sampaio atuou pelo Palmeiras na época em que o clube contava com diversos jogadores renomados. Agora, o ex-volante assume a função de gerente de futebol com a missão de reerguer um elenco criticado e em crise. Apesar da desconfiança da torcida, o dirigente acredita na recuperação.

"Dá para terminar bem o campeonato. Não digo ser campeão, mas os jogadores estão inseguros e alguns deles estão abaixo do que podem render. Precisamos dar confiança a eles. Não dá para ser um Barcelona , eles sabem disso, mas podemos ir bem. Tem de ser um time de guerreiro, não dá para jogar bonito", afirmou.

O Palmeiras só briga para não cair neste Brasileirão? Veja a tabela e opine
 

O Palmeiras não vence há sete rodadas no Brasileirão e caiu para o 13º lugar, com 41 pontos. Porém, Sampaio entende que Luiz Felipe Scolari sabe trabalhar com um elenco que dispõe de mais raça do que técnica."Não é o Palmeiras de 93. Mas é um time competitivo, como foi no início do campeonato. É o time que o Felipão gosta, que ganha por 1 a 0, com duas cabeças abertas e outro com cãibra", completou.

César Sampaio observa que jogadores importantes do elenco tiveram problemas durante o Brasileirão e vislumbra contratações de reforços badalados para 2012.

"O time tem alguns pilares, mas o Marcos jogou pouco, e o Valdivia também se machucou. O primeiro turno foi muito bom, até surpreendendo, e não teve continuidade, porque algumas peças oscilaram bastante. Precisamos de mais pilares para construir em cima", afirmou o gerente, para completar.

"Quando você traz mais apostas, corre riscos. Temos de conversar bastante para contratar jogadores que venham com história e correspondam. Estes são mais caros. Quando comecei a jogar, tinha o Dunga do meu lado, que me ensinava. Esse tipo de jogador não é só importante esportivamente, mas também para a estabilidade do grupo", finalizou.

Leia tudo sobre: brasileirão 2011palmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG