Tamanho do texto

Decisão entre Uruguai e Paraguai será apitada pelo brasileiro, que já esteve em dois jogos da competição

O árbitro brasileiro Sálvio Spínola Fagundes Filho será o encarregado de apitar a final da Copa América , entre Uruguai e Paraguai, que será disputada no próximo domingo, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Sálvio, que tem 41 anos e nasceu na Bahia, mas atualmente está filiado à Federação Paulista de Futebol, será auxiliado pelo também brasileiro Marcio Santiago e pelo chileno Francisco Mondría.

Nesta edição da Copa América, o brasileiro já apitou o empate em 1 a 1 entre Argentina e Colômbia e a vitória do Chile por 1 a 0 sobre o Peru, na qual expulsou o peruano Giancarlo Carmona e o chileno Jean Beausejour.

Com relação aos dois finalistas, Sálvio foi o árbitro na vitória por 2 a 1 da Celeste sobre o Equador, em Quito, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, em duelo realizado em outubro de 2009, em Quito.

Um mês antes, comandou o triunfo por 1 a 0 do Paraguai sobre a Argentina, em Assunção, que garantiu a classificação dos paraguaios para o Mundial. No sábado, o colombiano Wilmar Roldán apitará a disputa pelo terceiro lugar, entre Peru e Venezuela, no estádio Ciudad de La Plata. Ele será auxiliado por seu compatriota Humbero Clavijo e pelo equatoriano Luis Alvarado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.