Em Pernambuco, time da casa dominou jogo e encerrou jejum, mandando rival para zona do rebaixamento

O Salgueiro fez valer o mando de campo e venceu por 2 a 0 o Duque de Caxias , neste sábado, em Paulista, interior de Pernambuco. Com o resultado, os pernambucanos conquistaram sua primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. Já os cariocas seguem com um ponto e vão temrinar a rodada na lanterna da competição.

A partida não teve bom nível técnico, mas o Salgueiro foi melhor em grande parte dos 90 minutos. Na etapa inicial, abriu o placar com o atcante Fagner, que aproveitou cruzamento de Marcos Tamandaré. No segundo tempo, os donos dacasa consumaram a vitória após cobrança da falta de Clébson.

Na próxima rodada, o Salgueiro vai encarar o Paraná, na sexta-feira, em Curitiba. No mesmo dia, o Duque de Caxias vai receber o Vitória em São Jauário.

O jogo
O Salgueiro começou a partida buscando o ataque e teve duas boas chances de abrir o placar nos primeiros minutos. Logo aos três, Fagner tentou, mas chutou para fora. Dois minutos depois foi a vez de Pio arriscar de longe, mas também não acertou o gol de Fernando. O Duque de Caxias só conseguiu chegar ao ataque aos oito, quando Paulo Rodrigues cruzou e Tony quase conseguiu cabecear. No entanto, o goleiro Marcelo estava atento e se antecipou ao atacante carioca.

Após o lance, os visitantes conseguiram equilibrar o confronto. Com isso, nenhuma das equipes chegava com perigo ao gol adversário. Mas, aos 20 minutos, depois do cruzamento de Marcos Tamandaré, Fagner completou para abrir o placar para o Salgueiro.

O revés foi sentido pelo Duque de Caxias, que quase levou o segundo três minutos depois. Após bate e rebate na área, Fagner finalizou e o zagueiro Bruno Costa salvou em cima da linha, tirando o perigo. Só que, aos poucos, os visitantes voltaram a equilibrar o jogo e quase empataram aos 27 minutos. Tony cruzou e Paulo Rodrigues desviou, mas a bola bateu no travessão de Marcelo.

A partida seguiu muito equilibrada, com as duas equipes buscando o ataque. Contudo, ambas não tiveram sucesso e foram para o vestiário com a manutenção do placar.

O segundo tempo começou com os dois times mais cautelosos, muito preocupados em não deixar espaços ao rival. Com isso, os lances de perigo não ocorreram nos primeiros minutos. Somente aos 12 minutos que o Salgueiro quase ampliou o placar. Edmar fez boa jogada individual e finalizou, mas Santiago salvou os cariocas.

Depois do lance, o Duque de Caxias acordou e conseguiu atacar com mais ênfase. No entanto, os cariocas não criavam jogadas de perigo ao gol de Marcelo. Os visitantes quase empataram aos 27 minutos, quando Juninho cruzou para Galvão. O meia cabeceou, mas para fora, assustando os pernambucanos.

O Duque de Caxias se abriu buscando o empate, mas acabou sofrendo o segundo gol aos 39 minutos. Em bela cobrança de falta, Clébson, que havia entrado poucos minutos antes, decretou a vitória dos donos da casa.

Nos minutos finais, o Duque de Caxias ainda tentou diminuir o placar. No entanto, o Salgueiro se segurou até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA - SALGUEIRO-PE 2 X 0 DUQUE DE CAXIAS-RJ

Local: Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE)
Data : 4 de junho de 2011 (Sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro : Marielson Silva (BA)
Assistentes: Clistenis Alves (RN) e Vinicius de Lima (RN)
Renda : R$ 51.849,00
Público: 6.557 pagantes
Cartões amarelos : Piauí e Edmar (Salgueiro); Erick Flores, Somália, Leonardo e Leandro Teixeira (Duque de Caxias)

GOLS: SALGUEIRO : Fagner, aos 20min do primeiro tempo; Clébson, aos 38min do segundo tempo

SALGUEIRO : Marcelo; Marcos Tamandaré, Henrique, Alemão e Piauí; Diego Josa, Mateus (Edu Chiquita), Pio e Edmar (Clébson); Fagner e Fernando (Juninho Cearense)
Técnico: Neco

DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Leonardo, Bruno Costa, Santiago e Paulo Rodrigues; Júlio Cesar, Leandro Teixeira (Juninho), Galvão (Frontini) e Erick Flores; Tony e Somália
Técnico: Alfredo Sampaio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.