Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Salário de Neymar é o dobro de toda a folha salarial do Peñarol

Presidente da equipe uruguaia confirma valores ao iG e vê futebol brasileiro pagando salários "europeus"

Samir Carvalho iG Santos |

“Não podemos competir com o Santos em termos de dinheiro. Hoje o Brasil paga a mesma coisa que a Europa”. A frase do presidente do Peñarol, Juan Pedro Damiani, explica a diferença financeira entre o Santos e os adversários sul-americanos na Libertadores. Além do salário de Neymar bancar o time titular do Cerro Porteño , adversário na semifinal da competição, o abismo financeiro é maior ainda ante a equipe uruguaia, que enfrenta os brasileiros na decisão.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos


Enquanto a folha salarial do Cerro Porteño é de US$ 226 mil por mês (cerca de R$ 360 mil), o iG apurou e confirmou com os dirigentes do Peñarol que todo o time uruguaio recebe cerca de US$ 175 mil ( R$ 280 mil reais) por mês. Desta forma, como Neymar fechou mais um patrocínio e já ganha mais do que R$ 500 mil por mês no Santos, o salário do atacante santista é praticamente o dobro da folha salarial dos uruguaios.

Questionado sobre o assunto pelo iG, o vice-presidente do Peñarol, Edgar Welker, demonstrou orgulho por disputar a final da Libertadores com o Santos , sabendo da diferença financeira entre os dois clubes. “O que o Neymar ganha no Santos é o que o Peñarol gasta por mês com sua folha salarial”, disse o dirigente, sorrindo.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Samir Carvalho
O argentino Martinuccio é o grande destaque do Peñarol
Já o presidente do Peñarol, Juan Damiani, acredita que a diferença se deve à globalização e à economia dos dois países. Atualmente, R$ 1 vale 11,5 pesos, moeda corrente oficial do Uruguai. Por isso, o dirigente uruguaio não considera um exagero o salário pago a Neymar no Santos.

“Eu penso que a globalização do mundo determina esse fato. Não é exagerado (salário do Neymar), pois o Neymar é um craque. Mas, em dólares, pagaríamos a ele menos, tanto na Argentina como no Uruguai”, disse.

A diferença financeira entre o Peñarol, os clubes brasileiros e os europeus deve refletir na saída do astro do time uruguiao, o argentino Martinuccio, que recebe R$ 15 mil (R$ 28 mil). O Palmeiras é um dos clubes interessados em contratar o meia do Peñarol. “Não podemos competir com Santos, Brasil e Europa. Hoje o Brasil paga a mesma coisa que a Europa, não dá para competir”, repetiu o presidente.

Confira os salários dos jogadores do Peñarol Valor (em mil R$)
 Sosa 24
 González 24
 Valdéz 32
Guillermo Rodrígues  32
Darío Rodrígues  32
 Aguiar  24
 Freitas  16
 Corujo 16
 Mier  24
 Oliveira  32
 Martinuccio 24
 TOTAL 280
Samir Carvalho, iG

 

Leia tudo sobre: SantosNeymarCopa Libertadores 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG