Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sábado é o Dia D para Ronaldinho Gaúcho e Leonardo Moura no Fla

Jogadores precisam mostrar no treino da véspera da decisão com o Vasco que estão recuperados das lesões

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Ronaldinho Gaúcho e Leonardo Moura são dois dos principais jogadores do elenco do Flamengo. Experientes e tarimbados, não puderam ajudar o time na semifinal da Taça Rio, contra o Fluminense. Mesmo, acompanharam à distância a classificação para a decisão com o Vasco, domingo. É para esse confronto que eles vão se preparar e para estarem lá vão precisar participar do treinamento de sábado, no Ninho do Urubu.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Os dois não viajam com o grupo para Fortaleza nesta segunda-feira. O time vai enfrentar o Horizonte-CE, quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no Domingão, precisando de uma vitória simples ou de um empate por dois ou mais gols para se classificar.

Na manhã desta segunda-feira, Ronaldinho Gaúcho fez um exame de ressonância magnética. Foi detectado um edema ósseo e um processo inflamatório. Ele fará fisioterapia e evitará o impacto no local para tentar se recuperar a tempo de enfrentar o Vasco. O Fla-Flu foi o primeiro jogo que o craque perdeu por lesão. Antes, havia ficado fora apenas do empate em 0 a 0 com a Cabofriense por suspensão.

“Ronaldinho vai fazer piscina, como já aconteceu, bicicleta, academia, sem impacto. Ele precisa estar sem dor para poder atuar”, explicou o médico José Luiz Runco. “Nesse momento, com jogos às quartas-feiras e domingos, a preocupação não é com a parte física. Então, ele poderá jogar, desde que esteja assintomático”, emendou.

Já Leonardo Moura tem um problema no joelho direito, fruto de uma trombada com Conca no começo do Fla-Flu. Ele chegou ao hotel nesta segunda-feira sem conseguir dobrar o joelho ao caminhar. Segundo Runco, o jogador está com dificuldade para chutar a bola com a parte interna do pé.

“O Leonardo Moura pode até conseguir correr, mas ele sente dor quando bate na bola”, explicou Runco, que vai analisar a situação de ambos dia a dia para definir quando os jogadores poderão estar em campo para serem testados.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG