Treinador havia recebido ultimato do presidente do clube e não conseguiu se manter no cargo. Time está em 14º no Campeonato Russo

Um dos maiores nomes do futebol da Holanda em toda a história, o ex-jogador Ruud Gullit foi demitido nesta terça-feira do cargo de técnico do Terek Grozny, da Rússia, pelo presidente do clube, o líder checheno Ramzan Kadyrov.

"Gullit não treinará mais a Terek. Ele não conseguiu se mostrar um bom treinador", disse o próprio Kadyrov à agência russa" Interfax.

O presidente já havia dado um ultimato a Gullit, dizendo que ele seria demitido caso a equipe não conseguisse os três pontos na visita ao Amkar Perm, nesta terça. No entanto, o jogo terminou com placar de 1 a 0 a favor do time da casa.

Segundo a direção do clube, por conta dos erros de Gullit, o Terek, que conta com os brasileiros Maurício e Rodrigo Tiuí, ex-Fluminense, e Antonio Ferreira, ocupa após 12 rodadas o 14º lugar do Campeonato Russo, que tem 16 times. "Esperávamos que Gullit se fixasse nos jogadores, mas todas as esperanças foram em vão, e nos vimos forçados a prescindir de seus serviços", disse Kadyrov.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.