Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Roth avisa: ¿Bolatti está se adaptando¿

Jogador argentino ainda vive processo de ajuste às diferenças entre futebol europeu e sul-americano

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Nem Mário Bolatti acreditava que seu início em Porto Alegre seria tão bom. O jogador já havia se surpreendido com a recepção da torcida do quando desembarcou no Brasil, e agora chegou a vez dele causar espanto. Foram 3 gols em 2 jogos pelo Inter, os últimos dois na goleada por 4 a 0 do time gaúcho sobre o Jaguares (México), pela Copa Libertadores, na quarta-feira. Um início arrasador para um volante que não tinha nem 10 tentos na carreira.

O argentino tratou de avisar ainda em Guayaquil (Equador), quando fez o primeiro gol diante do Emelec, que não tinha o costume de balançar as redes. Acabou “não cumprindo a promessa”, pois dobrou a dose na partida seguinte. Agora todo mundo quer mais.

Vipcomm
Argentino Bolatti chuta para marcar seu primeiro gol no jogo, o que abriu a goleada do Internacional
“Bolatti ainda está se adaptando, porque na Europa a marcação é por zona. Aqui se faz por zona e individual. O Bolatti goleador é uma situação conhecida, ele botou a argentina na Copa. Sabíamos que a bola aérea era uma deficiência do Jaguares, pela altura deles. O Bolatti aproveitou. O segundo gol foi um primor de gol. Espero que continue assim”, projetou o técnico Celso Roth.

Desde 2007 o clube gaúcho tem aumentado o número de argentinos no plantel. Guiñazu chegou primeiro, ganhou a parceria de D´Alessandro e agora chegaram Cavenaghi e Bolatti. O volante admitiu que a presença dos compatriotas ajudou na sua decisão de atuar no futebol brasileiro. Ele também projeta que ainda tem a evoluir.

“Dentro do nosso esquema tático subir ao ataque é uma alternativa. Eu ou o Matias podemos ajudar no ataque. Sempre tratei de somar no ataque por onde passei. Acho que tenho que seguir melhorando e seguir somando”, disse o volante.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG