Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Roth aponta 4 substitutos para Giuliano

Treinador elogia muito Oscar e garoto aparece como favorito por lugar no time quando voltar da seleção

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Se depender do técnico Celso Roth o Inter já tem reposição para a saída do meia-atacante Giuliano que vai para o Dnipro da Ucrânia. O treinador disse que Oscar, Andrezinho, Marquinhos e Zé Roberto estão em condições de suprir a ausência do artilheiro gaúcho na Libertadores 2010.

O garoto Oscar, atualmente na seleção brasileira sub-20, foi o mais elogiado. Ele deve receber oportunidades no time principal quando retornar da viagem ao Peru em fevereiro.

“Tenho uma expectativa muito grande no Oscar. Acho que ele tem a capacidade de jogar no meio campo e chegar na frente. Ele é parecido com o Giuliano, mas é ainda mais objetivo”, disse Roth

Ele comentou ainda que teve uma conversa com Andrezinho e disse ao jogador que espera mais dele em 2011. Roth busca um algo mais no meia-atacante, esperando que ele deixe de ser um 12º jogador e tente se firmar entre os 11.

“Andrezinho é um jogador que tenho muito carinho. Ele tem um potencial enorme e tenho buscado conversar com ele para ver se ele consegue ultrapassar o momento que viveu no Inter de ser utilizado em um sistema de rotação”, comentou.

Gabriel Cardoso
Zé Roberto foi apresentado sexta-feira
Zé Roberto, que foi apresentado oficialmente na sexta-feira, também tem muito prestígio com Roth. O ex-jogador do Vasco trabalhou com ele no Botafogo e passa a ser mais uma alternativa.

“Ele tem boa qualidade técnica e velocidade. Eu espero que venha não só para participar do grupo. Tenho certeza que ele gostará do clube. Me dá uma opção como atacante de velocidade ou no papel de meia”, explicou.

O grupo principal do Inter fica 10 dias concentrado em um hotel da capital gaúcha a partir desta sexta-feira. Nesse período será realizada a pré-temporada com treinamentos no estádio Beira-Rio. Os jogadores terão uma rotina puxada, com trabalhos em dois turnos em sete dias.

O objetivo é ter o time pronto para a estreia da Libertadores dia 16 de fevereiro contra o Emelec no Equador. O capitão Bolívar já disse que a maioria dos jogadores prefere atuar em algumas partidas para poder adquirir um melhor ritmo de jogo. A diretoria vai estudar a possibilidade.

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG