Apesar de desmentidos de Andrés Sanchez, diretor de marketing insinua que as negociações com atacante estão encaminhadas

O presidente Andrés Sanchez desmentiu que o Corinthians esteja negociando com o atacante Adriano, que pertence à Roma. Nesta quinta-feira, porém, o diretor de marketing do clube alvinegro, Luis Paulo Rosenberg, deu novos indícios de que o "Imperador" está na mira.

Em entrevista à Rádio Globo , o dirigente afirmou que o departamento de marketing não está à frente das negociações pela chegada do jogador, mas não desmentiu que o clube já tenha mantido conversas com o centroavante, a exemplo do que havia confirmado o novo diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade.

Rosenberg ainda mostrou-se animado com as ações que seu departamento poderia promover em caso de acerto com o ex-flamenguista, mas fez ressalvas. "O marketing torce para que ele tenha a mesma postura que teve o Ronaldo desde que chegou, sem criar problemas. Que o Corinthians ajude na recuperação do Adriano, o que seria uma grande vitória para o clube e também para a família do jogador", declarou Rosenberg.

De acordo com Andrés Sanchez, uma conversa de Adriano com o amigo Ronaldo foi responsável por promover a especulação. Ainda segundo o mandatário, o Corinthians não tem condições financeiras de tirar o atleta da Roma, a não ser que ele seja liberado pelos italianos. Adriano, por sua vez, declarou à imprensa local que seu desejo é ficar no clube, pelo qual ainda não marcou gols.

Defederico - Contratado junto ao Huracán no segundo semestre de 2009, o argentino chegou com status de 'Novo Messi' e logo vestiu a camisa 10 do clube, tornando-se uma das maiores esperanças para este ano. Na ocasião, o departamento de marketing teve participação fundamental na negociação, mas acabou frustrado pelo rendimento ruim do jogador.

Prestes a ser emprestado, Defederico ainda tem a confiança de Rosenberg. "Ele é um grande jogador e o marketing teve participação em sua chegada. O momento agora é de ir para outro clube e voltar com toda a bala e toda força que esperávamos dele", disse o diretor.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.