Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rooney perde patrocínio da Coca-Cola por causa de suposta traição

Inglês teria se envolvido com uma prostituta enquanto sua mulher estava grávida. Polêmica surgiu em 2010

AE |

selo

AFP
Rooney tem se envolvido em polêmicas recentemente
A Coca-Cola anunciou nesta quarta-feira o fim permanente da parceria com o atacante Wayne Rooney, do Manchester United, por conta das polêmicas em que o jogador se envolveu no final do ano passado. A empresa já havia o retirado de campanhas publicitárias, em setembro do ano passado, pelo mesmo motivo.

Rooney era a estrela de um dos refrigerantes da marca, mas perdeu o posto após ser acusado de ter traído sua mulher, Coleen Mary Rooney, que estava grávida, com uma prostituta.

"Nosso contrato com Wayne Rooney chegou ao final no ano passado e nós, mutuamente, concordamos em não renovar nossa parceria", afirmou a empresa, nesta quarta-feira, em comunicado. "Desejamos o melhor para ele, mas nossos planos de marketing focam nosso patrocínio aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres, em 2012", concluiu.

O jogador envolveu-se em nova polêmica no último final de semana. Após gritar palavrões para uma câmera de TV, na vitória do Manchester United sobre o West Ham, no sábado, ele foi suspenso por dois jogos. O atleta e o clube decidiram apelar da decisão.

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterrarooneycoca-cola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG