Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rooney faz três e lidera virada do Manchester sobre o West Ham

United sofreu dois gols de pênalti, mas conseguiu a recuperação em dia inspirado do atacante inglês

Gazeta |

Depois de um primeiro tempo muito fraco, o Manchester United conseguiu uma vitória imponente sobre o West Ham. A equipe venceu por 4 a 2, com três gols de Wayne Rooney e um de Chicarito Hernández, depois de estar perdendo por 2 a 0, com dois gols de Mark Noble. O camisa 10 do United foi o grande destaque, chamando a responsabilidade quando o time perdia por dois gols, marcando os três primeiros da reação.

O West Ham, jogando em casa, conseguiu dois gols rápidos, com menos de 25 minutos de jogo. Ambos em cobranças de pênaltis sofridos por Carlton Cole e cobrados por Mark Noble.

A reação do Manchester veio somente no segundo tempo, a partir dos 19 minutos, quando Rooney fez o primeiro do time em cobrança de falta. Depois, ele marcou em chute de fora da área e de pênalti. Com a bola rolando, Chicharito fechou o placar.

Com a vitória, o Manchester chegou aos 66 pontos no Campeonato Inglês, cada vez mais consolidando sua liderança. O segundo colocado é o Arsenal, que tem 58, mas ainda joga neste sábado e ainda ficará com um jogo a menos após esta partida. O West Ham é o 18º e está na zona de rebaixamento.

O jogo
Na primeira boa chegada do West Ham na partida, Carlton Cole avançou e tentou dar um chapéu em Evra, para ficar de frente para o gol. O lateral francês, porém, colocou a mão na bola e o juiz marcou pênalti. Aos dez minutos, Mark Noble cobrou bem e marcou o primeiro da partida: 1 a 0 para os donos da casa.

Aos 23 minutos, novamente Carlton Cole chegou bem ao ataque. Ele pedalou na frente de Vidic e foi derrubado no limite da área, deixando dúvida se estava dentro ou fora. No entanto, o árbitro errou e assinalou o segundo pênalti da partida para o West Ham. Novamente Mark Noble pegou a bola e desta vez soltou a bomba no canto alto: 2 a 0.

Na primeira grande chagada do Manchester, aos 31 minutos, Park obrigou Green a fazer uma grande defesa. Depois de cruzamento de Giggs, a zaga desviou e a bola sobrou para o coreano, que soltou a bomba de pé esquerdo, mas viu o goleiro espalmar para a linha de fundo.

Hitzlsperger ainda teve duas boas chances de ampliar o placar para o West Ham ainda no primeiro tempo. Primeiro, ele recebeu um cruzamento após um contragolpe fulminante, mas acabou soltando a bomba pela linha de fundo. Em seguida, já aos 42, ele cobrou uma falta com força, mas acabou mandando pelo lado do gol, com muito perigo.

No segundo tempo, depois de algum tempo dominando a partida, o Manchester conseguiu diminuir a contagem. Aos 19 minutos, Wayne Rooney cobrou falta com categoria e colocou no cantinho de Green, recolocando sua equipe na partida.

O atacante da seleção inglesa, inclusive, passou a tomar conta do jogo a partir daí. Aos 27 minutos, o mesmo Rooney finalizou de fora da área, cruzado, e igualou o marcador.

Cerca de cinco minutos depois, o brasileiro Fábio, que jogou improvisado na lateral direita, fez a grande jogada da partida. Depois de parecer estar sem opções, preso junto à linha lateral, o atleta deu um lindo chapéu no rival e invadiu a área. Ao tentar cruzar, a bola acertou a mão de Upson e o árbitro assinalou o terceiro pênalti da partida. Rooney pegou a bola e cobrou com categoria, completando seu hat-trick e a virada do líder do Inglês.

Aos 38 minutos, o United conseguiu abrir vantagem e deixou o jogo fácil. Giggs avançou pela ponta esquerda e bateu cruzado. A bola passou por todo mundo e sobrou para Chicharito, que só tocou para as redes e fechou o placar.

Leia tudo sobre: manchester unitedrooneyfutebol mundialinglaterra

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG