Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo vira patrono de centro olímpico paulista para Rio 2016

“Fenômeno” participou de evento político em complexo para formação de atletas olímpicos

Bruno Winckler, iG São Paulo |

A prefeitura de São Paulo homenageou Ronaldo nesta terça-feira com o título de patrono do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa da cidade, no Parque do Ibirapuera. O complexo, que dá espaço para 10 modalidades e cerca de 1.600 atletas, visa formar atletas de alto rendimento aptos a participarem das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 . Com muito tumulto, Ronaldo foi recebido por centenas de crianças que foram à loucura quando viram o ex-jogador. O nadador Thiago Pereira, atleta do Corinthians, também estava na plateia para prestigiar o ex-atacante da equipe do Parque São Jorge.

Bruno Winckler
Ronaldo ao lado de Bebetto Haddad, secretário de Esportes de São Paulo

Veja mais notícias sobre as Olimpíadas

“É uma honra fazer parte de um projeto tão digno como este. Tenho certeza que este centro formará grandes campeões, não necessariamente campeões olímpicos, mas campeões de cidadania e honestidade. O esporte ensina isso. Então eu desejo muita sorte, muitos treinamentos, e muita dedicação”, disse Ronaldo, em discurso breve dito após receber uma placa do prefeito Gilberto Kassab com seu nome “Ronaldo Nazário”. Os secretários de Esporte do município e do Estado, Bebeto Haddad e Benedito Fernandes também bajularam o ex-jogador. 

Voluntário, Ronaldo promete que não será apenas um nome numa placa e disse que será presença assídua no local. "Vou tratar de acompanhar, trazer meus filhos para brincarem já que esta é uma oportunidade única para muitas crianças, não só as paulistas, porque esta cidade é democrática e todos que quiserem a chance para se formar em alguma modalidade têm agora essa oportunidade", disse.

Após a cerimônia, o palco improvisado dentro da quadra principal do complexo foi invadido pelas crianças e adolescentes e Ronaldo penou para conseguir sair do local. Muito solicito, assinou camisetas e posou para fotos antes de deixar o local. A combinação de poucos seguranças e muitas crianças fizeram Ronaldo responder apenas duas perguntas de um tumultuada entrevista coletiva. “É uma honra fazer parte desse projeto”.

Sobre o campeonato brasileiro e a seleção brasileira Ronaldo disse que gostou do desempenho do time no amistoso contra Gana, na segunda-feira. Perguntado se o calendário brasileiro tem atrapalhado os clubes que cedem seus jogadores para os jogos da seleção, Ronaldo disse que é preciso que a CBF e os clubes se sentem para discutir o problema e resolvê-lo. Sobre o Corinthians , disse que o time está bem, é líder e que é normal a oscilação que a equipe atravessa neste momento. São três derrotas nos últimos quatro jogos.

Leia tudo sobre: ronaldocorinthiansrio 2016londres 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG