Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo terá "intensivão" antes de despedida com camisa do Brasil

Jogador treinará com ex-companheiros no CT corintiano, que receberá seleção antes de amistosos

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

Ronaldo fará um “intensivão” dias antes de voltar a campo na despedida que fará pela seleção brasileira dia 7 de junho, no Pacaembu, no amistoso contra a Romênia. Entre 20 e 30 dias antes da partida ele trabalhará com bola e fisicamente no CT corintiano do Parque Ecológico, que servirá de base para o Brasil na semana que também enfrentará a Holanda, dia 4 de junho, em Goiânia. Tudo para o ex-centroavante “não passar vergonha” na primeira de suas despedidas – deve ter outra, com a camisa do Corinthians , mais para o final de 2011.

O agora empresário teve participação importante na negociação entre CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e Corinthians sobre o uso do CT Joaquim Grava na preparação para os dois únicos jogos que a equipe comandada por Mano Menezes fará no Brasil em 2011. Claro que o fato de o treinador ter trabalhado no clube, e da relação entre os presidentes Ricardo Teixeira (da CBF) e Andrés Sanchez (do Corinthians) ser ótima, também ajudaram. Mano não conhecia o CT detalhadamente depois de inaugurado, no final de 2010, e o visitou nesta semana, acompanhado de Guilherme Ribeiro, responsável pela logística da seleção.

AgNews
Ronaldo entre João Paulo Diniz (esq.) e Alexandre Accioly, sócios na rede de academias que o ex-jogador usa para treinar em São Paulo

Ronaldo tem treinado em uma de suas academias, a A! Body Tech, que teve unidade aberta em São Paulo recentemente. Mas pretende usar as dependências do CT corintiano principalmente para testes com bola. Ele não deve participar de trabalhos com a equipe principal, comandada por Tite, para evitar comentários de que pode desistir da aposentadoria – apesar de este ser o sonho de Andrés Sanchez. Ronaldo será orientado, à parte, por auxiliares. Na segunda-feira, em participação no humorístico "CQC", da TV Bandeirantes, Ronaldo brincou ao se pesar: a balança marcou 73kg, número que deveria ter quando iniciou a carreira. Aparentemente ele mantém a forma de quando treinava diariamente (o peso atual é um mistério).

Sanchez repetiu terça-feira, em entrevista à TV Band Sports, que pretende convencer Ronaldo a voltar a jogar, apesar do anúncio da aposentadoria. “Ele deu uma parada. Vai voltar mais para o meio do ano”, disse o presidente do Corinthians. O período do treino no CT, aliado ao amistoso, é a esperança de Sanchez para que o jogador retome a vontade de estar em campo. O dirigente entende que ter Ronaldo em campo valoriza a marca Corinthians na procura por patrocinadores.

Programação

Reprodução/Twitter
Ronaldo e a balança que marcou 73 kg em programa de TV. Brincadeira com o peso do craque aposentado
A comissão técnica da seleção ainda não definiu com detalhes o planejamento para esses dois amistosos, mas é possível que use o CT corintiano como base o período todo, até mesmo antes de encarar a Holanda, em Goiânia. Como os principais campeonatos europeus terão terminado, a intenção é fazer uma convocação no final de maio já com os jogadores que disputarão a Copa América, em julho, na Argentina.

O grupo se apresentaria 1° ou 2 de junho em São Paulo, treinaria no CT corintiano e em Goiás na véspera da partida, jogaria no Serra Dourada, voltaria para São Paulo novamente para o Joaquim Grava (hospedado em hotel próximo , em Guarulhos), depois enfrentaria a Romênia, na festa para R9. Os jogadores ganhariam alguns dias para descansar e se reapresentariam na metade do mês para viagem à Argentina. Todo esse procedimento ainda está em estudo.

Ronaldo embarcou na quarta-feira (16 de março) para a Europa com Marcus Buaiz, seu sócio na 9INE, e Martin Sorrell, CEO do grupo de comunicação WPP, também parceiro da empresa que gerenciará carreira de atletas. Ele está em Madri, onde trata de negócios, e depois embarca para Londres onde assistirá dia 27 de março o amistoso entre Brasil e Escócia, no Emirates Stadium. Ele deve visitar os jogadores no hotel The Dorchester, no qual a seleção ficará hospedada na Inglaterra. A última partida do ex-jogador com a camisa da seleção foi a eliminação para a França, na Copa do Mundo da Alemanha, em 1° de julho de 2006.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG