Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo se revolta com morte do ex-companheiro William Morais

Jogador se mostrou muito abalado com o ocorrido e demonstrou solidariedade para com a família da vítima

Gazeta |

Uma notícia pegou todos de surpresa na manhã deste domingo. Na madrugada, o jovem meio-campista William Morais, que pertencia ao Corinthians e estava emprestado ao América-MG, foi assassinado em Belo Horizonte. O atacante Ronaldo lamentou e afirmou estar revoltado com a morte do ex-companheiro.

Em seu twitter oficial, o jogador afirmou que sequer comemorou a vitória de Anderson Silva (primeiro atleta agenciado por sua empresa, a 9ine) sobre Vitor Belfort, no UFC, de tão chateado com a notícia.

"Não escrevi nada sobre a luta ontem, porque a dor de uma notícia inesperada acabou comigo. Dor e revolta pelo assassinato do William Morais, um menino de 19 anos e cheio de talento", postou o Fenômeno, que ainda enviou seus sentimentos à família do jogador.

"Sei que não resolve nada, mas meu abraço solidário aos pais, amigos e familiares dele", completou.

Morais levou um tiro no tórax quando reagiu a um assalto na região da Pampulha em Belo Horizonte. Ele estava do lado de fora de uma boate, junto com sua namorada no momento do disparo, às 2h30 da manhã. Ele faleceu imediatamente.

Leia tudo sobre: corinthiansronaldowilliam morais

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG