Após volta olímpica no Pacaembu, Fenômeno fez breve discurso agradecendo apoio ao longo da carreira

Só faltou o gol na despedida do atacante Ronaldo na noite desta terça-feira no Pacaembu. E exatamente por isso, o ex-atacante começou seu discurso improvisado, no centro do gramado, pedindo desculpa. “Eu tive três chances de gol, mas não consegui fazer, desculpa. Foram meus últimos quinze minutos, não consegui fazer o que seria uma pequena retribuição a tudo o que vocês fizeram por mim”.

Confira a transformação física de Ronaldo ao longo dos anos

Veja a linha do tempo da carreira e da vida de Ronaldo

Nas três oportunidades de gol citadas pelo Fenômeno, em duas o goleiro Tatarusanu fez ótimas defesas, impedindo o que seria seu último gol pela seleção brasileira . E na outra, pegando muito mal na bola, ele mandou direto para fora. Confira o minuto a minuto de Ronaldo em sua despedida .

No restante do discurso, Ronaldo agradeceu à torcida pelo apoio ao longo da carreira. “Muito obrigado por tudo que vocês fizeram por mim na minha carreira, por me aceitarem do jeito que eu sou, por terem chorado quando eu chorei e terem sorrido quando eu sorri”.

“Vocês que estão aqui no estádio representam o amor que sempre tiveram comigo em todo o Brasil. Até breve, mas dessa vez vai ser fora de campo”, completou. Pouco antes, no início da volta olímpica, ele já havia demonstrado o mesmo sentimento patriótico: “Tenho um orgulho muito grande de ser brasileiro, de ser parte dessa gente toda aí”, disse à TV Globo , apontando as arquibancadas do Pacaembu.

Ao longo do caminho em volta do campo, Ronaldo foi acompanhado pelos filhos Alex e Ronald, além de crianças com bandeiras, cada uma simbolizando um dos 15 gols marcados pelo ex-jogador ao longo de três Copas do Mundo – e que fizeram dele o maior artilheiro da história dos Mundiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.