Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo revela que passou um pouco de ânimo para o "triste" Kaká

Em entrevista a rádio espanhola, ex-jogador também comentou a "aventura" de Roberto Carlos na Rússia e falou do fim da carreira

iG São Paulo |

O ex-atacante Ronaldo, que atualmente está em Milão, na Itália, cuidando dos negócios da sua nova empresa, concedeu entrevista nesta segunda-feira para o programa "El Larguero", da rádio espanhola "Cadena Ser". Em um bate-papo bastante animado e com o espanhol afiado, o agora empresário contou ao apresentador e jornalista José Ramón de la Morena como foi difícil a sua decisão de parar de jogar bola.

"Em 2010 joguei poucas partidas por contas das lesões, não sérias, mas coisas pequenas, como torções. Este ano também me machuquei, jogava com dores. Já estava cansado de sofrer. Estava jogando sem ser importante para o time, sem ter a velocidade de antes. Muitas coisas foram determinantes, era o momento. Foi bastante duro, porque passei toda a vida jogando, sofrendo, muitas dores, vitórias, derrotas", disse Ronaldo.

AE
Ronaldo no dia em que anunciou a aposentadoria
Sobre a sua empresa, a 9INE, ele explicou como funciona. "Estarei no meio do futebol com minha empresa, criando oportunidades dos jogadores e de atletas de outros esportes, por que não. Não quero competir com representantes de jogadores. O que estou fazendo é cuidar da carreira de publicidade, a imagem do jogador. No futuro será um setor importante, dará muito dinheiro. Como a Copa de 2014 está chegando, é um momento de oportunidades"

Aproveitando o assunto do Mundial no Brasil, daqui três anos, Ronaldo foi sucinto ao responder a questão sobre os preparativos. "Estamos trabalhando em estrutura, ainda virão muitos investimentos".

O ex-jogador passou o último final de semana em Madri e revelou que teve um encontro com Kaká, meia do Real. Ronaldo admitiu que Kaká estava um pouco triste, mas tratou de animar o amigo. "Estive no fim de semana em Madri, encontrei Kaká, é um grande amigo. Ele está um pouco triste, mas passei um pouco de ânimo. O importante é que os companheiros de time estão ao lado dele, porque quando se está lesionado é bem difícil. Mas ele vai se recuperar e ser decisivo como sempre", disse.

Ainda sobre Kaká, José Ramón perguntou a Ronaldo se ele acha que o brasileiro deixa o Real Madrid ao fim da temporada. "É um ano complicado, porque está lesionado. Para mim ele não muda, está no melhor time do mundo", avaliou Ronaldo.

No momento mais descontraído da entrevista, o ex-atleta disse que Roberto Carlos, seu ex-companheiro de Real Madrid, Corinthians e seleção brasileira "se meteu em uma aventura na Rússia". "Ele estava comigo no Corinthians, e vai ficar três anos por lá (risos)".

Por fim, Ronaldo comentou o momento que o argentino Lionel Messi está vivendo com a camisa do Barcelona. E não faltaram elogios. "Ele está melhorando. Achei que não fosse possível melhorar, mas está conseguindo. Marca mais gols, erra menos, dá passes. É um jogador com muita qualidade, velocidade, muito moderno", concluiu.

Leia tudo sobre: RonaldoKakáFutebol Mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG