Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo muda de ideia e aceita faixa de capitão do Corinthians

No final do ano passado, o astro havia recusado a função que era do zagueiro William, que se aposentou em 2010

Gazeta |

Ronaldo havia avisado no final do ano passado que não tinha o perfil ideal para ser o capitão do Corinthians - o posto ficou vago porque William se aposentou. Nesta sexta-feira, no entanto, o técnico Tite acabou com o mistério e anunciou o atacante como novo dono da tarja.

"Está definido: é o Ronaldo. Trata-se de um jogador que é um exemplo, que enfrentou muitas adversidades no futebol. Ele ressurgiu várias vezes e tem uma história de vida exemplar", enalteceu o comandante.

O suspense que Tite criou em relação ao novo capitão corintiano se deu justamente por causa da demora de Ronaldo para aceitar o cargo. O convite do treinador foi feito na semana passada, durante o período de concentração em Itu, interior de São Paulo. No retorno à capital, o astro comunicou a sua decisão aos companheiros e, depois, à comissão técnica.

Nos primeiros dias de dezembro de 2010, Ronaldo havia recusado a faixa de capitão desta maneira: "Não gosto de ser capitão. Quando o Mano Menezes estava aqui, ainda neste ano, surgiram algumas oportunidades para ser capitão e eu recusei. Não tenho esse perfil falante, palestrante. O meu estilo de liderança é diferente. A faixa de capitão me atrapalharia".

Com Ronaldo como líder oficial dentro de campo, o Corinthians passa a contar com um jogador respeitado para dialogar com o árbitro em nome do time. "Talvez haja um pouco disso. Mas, de todos os aspectos, esse é o que menos me atrai. Não quero levar vantagem sobre o adversário ou pressionar o árbitro, e sim ter alguém que sirva de exemplo para a própria equipe", disse Tite.

Ao contrário de Ronaldo, seu amigo Roberto Carlos estava bastante empolgado com a possibilidade de ser capitão. Prometeu até dar piruetas de alegria se fosse incumbido da função. O zagueiro Chicão era outro forte candidato a substituir William.

"Tive escolher um, mas tenho muitos atletas que emprestam algum tipo de liderança ao grupo. Poderia ser o Chicão ou o Alessandro, que são jogadores identificados com a história do Corinthians, campeões pelo clube, o Jorge Henrique, por sua competitividade, o Dentinho, por ter vindo da base, o Paulo André, por saber se expressar bem, e Ronaldo ou Roberto Carlos, pela história que têm no futebol. Optei pelo Ronaldo", concluiu Tite.

A estreia de Ronaldo como capitão do Corinthians será contra a Portuguesa, neste domingo, no Pacaembu. Como o atacante deverá ser poupado com certa frequência mesmo em sua última temporada como profissional, outros jogadores terão a oportunidade de usar a tarja em 2011.

Leia tudo sobre: CorinthiansRonaldoCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG