Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo e Jorge Henrique treinam com bola. Dentinho segue de fora

O técnico Tite comandou treinos fechados à tarde no CT e mais uma vez não contou com Dentinho

Bruno Winckler, iG São Paulo |

A maior preocupação da comissão técnica do Corinthians durante a pré-temporada corintiana não é Ronaldo. Pelo quinto dia seguido de treinos Dentinho continua sendo a principal baixa do elenco. Na tarde desta quarta-feira, enquanto os demais jogadores mantiveram sua rotina de treinos táticos com bola em campo - entre eles Ronaldo e Jorge Henrique - Dentinho ficou de fora, fazendo trabalhos físicos também no campo com os preparadores do clube, em um campo anexo ao principal do CT do Corinthians.

AE
Ronaldo está voltando a treinar no campo

Dentinho sentiu uma pancada na região da bacia, nos treinos de quarta-feira, dia 5, ainda em Itu, e desde então não participou mais das atividades com o restante dos companheiros. No sábado Tite mostrou-se esperançoso com um retorno breve do jogador, mas não quis estipular prazos para uma volta.

Enquanto Dentinho continuou de fora das atividades táticas comandadas por Tite, Ronaldo participou do seu segundo treino com bola na pré-temporada. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, Ronaldo e os demais atletas liberados pelo departamento médico, foram divididos em três equipes de seis jogadores, em meio campo que jogaram dois tempos de 45 minutos. Jorge Henrique, que também foi poupado de alguns treinos em Itu por conta de dores no tendão de Aquiles direito, o atacante foi campo e participou normalmente das atividades.

Pela manhã, no treinamento aberto à imprensa, Jorge Henrique e Ronaldo foram poupados de uma corrida no campo. O elenco foi bastante exigido pelos preparadores físicos e foram obrigados a darem tiros curtos de velocidade entre a linha de fundo e o meio campo.

Tite torce para poder contar com Dentinho na estreia do Paulistão, dia 16, contra a Portuguesa, no Pacaembu. Na cabeça do treinador, a melhor saída para o time com a perda de Elias para o Atlético de Madri, é adotar um esquema com três atacantes, aos moldes do time montado por Mano Menezes em 2009. Se Dentinho não estiver apto para jogar, Edno é o favorito para substituí-lo.

Leia tudo sobre: corinthiansfuteboldentinhoronaldojorge henrique

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG