Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldo deve ter condição de jogo na última rodada do Brasileiro

Médico do Corinthians diz que lesão do atacante na coxa direita não foi grave e cicatrização deve ocorrer no período de uma semana. Ele pode voltar contra o Goiás

Levi Guimarães, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859576563&_c_=MiGComponente_C

O departamento médico do Corinthians já havia divulgado na manhã desta terça-feira que o atacante Ronaldo será desfalque no jogo do próximo domingo, contra o Vasco, por conta da lesão sofrida na partida contra o Vitória. Assim, a boa notícia para a torcida do clube veio no período da tarde, com a indicação de que, ao menos, a ausência será por apenas um jogo.

Enquanto o time treinava no Centro de Treinamentos do Parque Ecológio, o médico do time, Paulo Faria, deu entrevista coletiva para explicar o quadro clínico de Ronaldo. Ele explicou que a lesão é pequena e, por isso, ele deve ter plenas condições de atuar na final do Campeonato Brasileiro, na última rodada, quando o Corinthians enfrenta o Goiás.

O Ronaldo teve a lesão no músculo posterior da coxa. É uma lesão pequena, dentro do que pensávamos clinicamente. Esperamos do momento da lesão ao momento do exame para que o local tivesse uma diminuição do edema que pudesse atrapalhar a imagem. Mas é pequena. Demora sete dias de cicatrização. Está fora do jogo contra o Vasco e vai permanecer em tratamento para poder voltar contra o Goiás, disse o médico.

Paulo Faria descartou que a nova lesão do atacante tenha sido consequência de sua forma física ou de seu histórico de contusões. Para ele, foi uma lesão que poderia acontecer com qualquer jogador por conta da maratona de jogos do Campeonato Brasileiro, ainda maior em 2010 por conta do calendário adaptado à Copa do Mundo.

O médico ainda encontrou um fato positivo, dizendo que a lesão só não teve maior gravidade graças à rapidez de Ronaldo em perceber que não tinha mais condição de continuar em campo. Foi muito importante a experiência do jogador, que parou na hora que sentiu a fisgada. Parou, sentou no gramado e pediu para sair. Se fosse tentar voltar, fatalmente teria situação mais séria e não participaria mais do campeonato.

A expectativa, agora, é de que Ronaldo retome os treinos com bola no início da próxima semana e, não sentindo dores, participe normalmente do último ano do jogo, contra o Goiás. Contra o Vasco, além do atacante, o técnico Tite terá o desfalque do volante Elias, suspenso depois de receber o terceiro cartão amarelo.

O médico corintiano também falou sobre Jorge Henrique, que voltou de lesão contra o Vitória e precisou ser substituído. Segundo Paulo Faria, ele não preocupa para o confronto com o Vasco. Além disso, o time contará com os retornos do meia Bruno César e do atacante Dentinho, que cumpriram suspensão contra o Vitória.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansfutebolronaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG