Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldinho marca, Flamengo vence e se classifica para semifinal

De pênalti, meio-campista marcou pela primeira vez com a camisa do clube na vitória sobre o Boavista

Gazeta |

O primeiro gol de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Flamengo aconteceu na tarde deste domingo, quando o Rubro-Negro derrotou o Boavista por 3 a 2 no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé (RJ). Com o resultado os vencedores, que vibraram ainda com gols de Deivid e Negueba, chegaram aos 18 pontos, mantiveram os cem por cento de aproveitamento na liderança do Grupo A e asseguraram, com uma rodada de antecipação, vaga nas semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Já o Boavista, que teve seus gols anotados por Frontini, permaneceu com dez pontos, mas ainda com chances de classificação.

nullO JOGO

Debaixo de um forte calor que castigou a Região dos Lagos do Rio de Janeiro, as duas equipes iniciaram a partida impondo um ritmo mais lento. Porém, pressionado pela torcida, o Flamengo tomou a iniciativa e foi o primeiro a assustar, aos cinco minutos. Ronaldinho Gaúcho recebeu na área e ajeitou para Maldonado chutar à direita do goleiro Thiago. Cinco minutos depois o camisa 1 do Boavista viu a bola passar sobre o gol em um chute de Renato Abreu.

Apesar de não se aplicar muito, o Flamengo conseguiu abrir o marcador aos 24 minutos. Thiago Neves fez lançamento perfeito para Deivid, que invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro. O árbitro Carlos Eduardo Nunes Braga corretamente marcou o pênalti. Na cobrança, Ronaldinho colocou a bola no canto direito e marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra.

O craque do Flamengo ainda teve a oportunidade de ampliar aos 38 minutos, quando Thiago Neves foi derrubado na entrada da área. Ronaldinho conseguiu fazer a bola passar sobre a barreira, mas Thiago fez a defesa sem maiores dificuldades.

Nos minutos finais o Flamengo recuou demais e o Boavista se aproveitou para adiantar a marcação e pressionar o rival. Assim, algumas chances começaram a sugir para o time de Saquarema. Aos 40 minutos, André Luis foi derrubado perto da área e Roberto Lopes exigiu a primeira grande defesa de Felipe. Cinco minutos depois foi a vez de Joilson cruzar e Frontini, livre de marcação, cabecear à esquerda do gol.

Mal começou o segundo tempo, logo aos quatro minutos, Flamengo ampliou. Leonardo Moura fez grande jogada individual pela direita, foi ao fundo e cruzou para a cabeçada certeira de Deivid. O gol deu a impressão de que o caminho para uma goleada estava aberto. Só que no minuto seguinte o Boavista conseguiu descontar. Joílson cruzou da direita e Frontini se antecipou à zaga para escorar para o fundo da rede, recolocando o time da Região dos Lagos na partida.

O Boavista então seguiu pressionando, enquanto o Flamengo tentava sair na base dos contra-ataques, porém sempre errando na hora do último passe. Já o time de Saquarema tinha problemas para penetrar na defesa rival. Mesmo assim assustou aos 26 minutos, em um chute de Roberto Lopes que exigiu uma boa defesa de Felipe.

A pressão do Boavista aumentou e aos 32 minutos por muito pouco o gol de empate não saiu. Tony cobrou escanteio, Roberto Lopes cabeceou e David salvou em cima da linha. Mas três minutos depois o Flamengo não conseguiu evitar o segundo gol dos anfitriões. Welinton saiu jogando errado, Frontini recupeou a bola e chutou de fora da área. A redonda desviou em Jean e enganou Felipe, que nada pôde fazer.

Por alguns minutos o Flamengo conviveu com a sensação de que tinha deixado a vitória escapar. Porém, aos 42 minutos voltou a ficar em vantagem. Ronaldinho acionou Willians pela direita. O volante foi ao fundo, chutou cruzado e Negueba, na corrida, empurrou para o fundo da rede. Nos acréscimos o Flamengo ainda sofreu com uma cobrança de falta de Tony, que acertou o travessão. Mas no fim o triunfo dos flamenguistas acabou sendo confirmado.

O Flamengo volta a jogar pela Taça Guanabara no próximo fim de semana, quando vai medir forças com o Resende. Os flamenguistas apenas cumprem tabela, pois não correm risco nem mesmo de perderem a primeira posição. Já o Boavista visita o Nova Iguaçu na Baixada Fluminense, precisa vencer e torcer por uma derrota do Resende para se classificar.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 2 X 3 FLAMENGO

Local: Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé (RJ)
Data: 6 de fevereiro de 2010 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes: Francisco de Souza (RJ) e João Luiz de Albuquerque (RJ)

Cartões amarelos: Thiago, Frontini, Joílson e André Luis (Boavista) e Maldonado, Ronaldinho, Deivid, Fernando e Welinton (Flamengo)
Gols
BOAVISTA:
Frontini aos 5 e aos 35 minutos do 2º Tempo
FLAMENGO: Ronaldinho Gaúcho aos 24 minutos do 1º Tempo, Deivid aos 4 e Negueba aos 42 minutos do 2º Tempo

BOAVISTA: Thiago, Joílson, Gustavo, Santiago e Paulo Rodrigues; Roberto Lopes (Max), Thiaguinho (Leandro Chaves), Julio Cesar e Tony; André Luis e Frontini
Técnico: Alfredo Sampaio

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David Braz e Egídio (Jean); Maldonado (Fernando), Willians, Renato Abreu, Thiago Neves (Negueba) e Ronaldinho Gaúcho; Deivid
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia tudo sobre: Ronaldinhoflamengocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG