Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldinho marca, Fla vence e se classifica na Copa do Brasil

Vitória por 3 a 0 sobre o Murici-AL, em Maceió, elimina o jogo de volta e garante vaga na segunda fase

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

AE
Ronaldinho Gaúcho marcou o primeiro gol do Fla com uma cabeçada certeira
Foi a duras penas, mas o Flamengo alcançou seu objetivo: venceu por 3 a 0 o Murici-AL, na noite desta quarta-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e garantiu vaga na segunda fase da Copa do Brasil sem a necessidade do jogo de volta, ganhando uma semana livre de treinamentos. Os gols foram de Ronaldinho Gaúcho, Renato e Negueba, que fizeram a festa dos mais de 20 mil torcedores. Agora, as atenções se voltam para a semifinal da Taça Guanabara, domingo, às 16h, contra o Botafogo, no Engenhão.

A classificação não veio com facilidade. A possibilidade de aparecer para o Brasil em um confronto com o Flamengo serviu como uma vitamina para os jogadores do Murici-AL. Com muita disposição na marcação e organização tática, eles conseguiram neutralizar qualquer possibilidade de criação de Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e outros.

O trio formado por Everlan, Gustavo e Alexsandro deu muito trabalho para a defesa do Flamengo. Everlan mostrou ousadia, dando um chapéu em Ronaldinho Gaúcho. Ele ainda deu um passe de calcanhar para Alexsandro, que obrigou Felipe a fazer boa defesa. Com dribles desconcertantes por todos os lados do campo, Gustavo fez com que seus marcadores guardassem distância e evitassem o confronto direto.

Ronaldinho apareceu bem em três oportunidades: num chute travado dentro da área e em dois passes mais agudos para Thiago Neves e Deivid. A melhor chance do Flamengo no jogo aconteceu aos 24 minutos do primeiro tempo, quando Deivid, livre, chutou na trave, depois de ótimo cruzamento de Thiago Neves.

Com o meio muito congestionado, Leonardo Moura e Renato tentavam as jogadas pelos lados do campo, mas sem sucesso. Thiago Neves e Ronaldinho ainda demonstravam claramente a falta de entrosamento com o restante do time, apresentando grande dificuldade para executar os dribles.

A situação continuou complicada no segundo tempo. Aos sete minutos, Paulinho ganhou de Welinton pela esquerda e cruzou para Franco, que chutou rente à trave esquerda de Felipe. O técnico Vanderlei Luxemburgo, então, tirou o zagueiro e colocou Egídio, além de substituir Maldonado por Fierro.

A torcida começou a pedir a entrada de Negueba, que ganhou notoriedade depois da conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Luxemburgo atendeu e o colocou no lugar de Deivid. Ronaldinho Gaúcho, então, passou a jogar de centroavante e foi assim que o sufoco acabou. Aos 22, Leonardo Moura cruzou da direita e o craque, na pequena área, abriu o placar para delírio dos torcedores no Rei Pelé.

Depois do gol, o Murici parou de ameaçar e a bola passou a ficar mais tempo nos pés dos jogadores do Flamengo. Aos 28, em falta sofrida por Negueba, Renato cobrou e contou com a colaboração do goleiro Dias para fazer o segundo gol. No fim, Negueba fechou o placar e deixou o time com a vaga na segunda fase garantida.

FICHA TÉCNICA - MURICI-AL 0 x 3 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 16 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Freitas (BA)
Assistentes: Belmiro da Silva e Adailton Silva (ambos da BA)
Cartões amarelos:
Edvaldo (Murici) e Egídio (Fla)

GOLS:
Flamengo: Ronaldinho Gaúcho, aos 22, Renato, aos 28, e Negueba, aos 46 minutos do segundo tempo

MURICI-AL: Dias, Alex (Jôsi), Nado, Sinval e Paulinho; Serginho, Bilu, Guêba e Everlan; Alexsandro (Franco) e Gustavo (Edvaldo). Técnico: Gilmar Batista

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton (Egídio), David Braz e Ronaldo Angelim; Willians, Maldonado (Fierro), Thiago Neves, Ronaldinho Gaúcho e Renato; Deivid (Negueba). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG