Torcedores acompanham sua apresentação em Londrina e chegada ao hotel em busca de uma imagem com o ídolo

Ronaldinho Gaúcho começa a mostrar que será mesmo uma febre rubro-negra sem cura. Desde sua contratação, passando pela festa no Rio de Janeiro até a sua chegada em Londrina, o jogador deu lugar ao pop star. Arrastando pequenas multidões, já assumiu, sem sequer fazer um treino com bola, a condição de maior ídolo atual da torcida do Flamengo.

Na chegada ao hotel onde o clube está concentrado, por volta das 20h30 desta quinta-feira, Ronaldinho foi o penúltimo a descer do ônibus e passou entre 60 pessoas, protegido por um cordão de isolamento. Durou pouco, mas os policiais da cidade e os seguranças do clube tiveram trabalho para conter os alucinados fãs, dispostos a tudo por uma imagem ao lado do ídolo.

Antes, a tranquilidade era grande no trabalho flamenguista. Desde o dia 4, em momento algum foi preciso fazer um cordão de isolamento. Apenas o tradicional esquema de batedores foi usado para acompanhar a delegação. No domingo, às 17h, no Estádio do Café, ele não vai enfrentar o América-MG em amistoso, mas fará uma aparição para os torcedores. Provavelmente, os mais de 30 mil ingressos serão vendidos, em apenas uma prévia do que a estreia de Ronaldinho Gaúcho promete.

Acenar para os fãs será um gesto constante nos primeiros tempos da
Vipcomm
Acenar para os fãs será um gesto constante nos primeiros tempos da "Era Ronaldinho" no Flamengo


Novas e velhas amizades
Na chegada ao centro de treinamento, Ronaldinho pôde perceber uma segurança ainda não cogitada para o time. Sem aglomeração na porta, a entrada foi tranquila. Ele seguiu direto para o vestiário, trocou de roupa, desceu para o campo e deu um abraço no técnico Vanderlei Luxemburgo, sempre acompanhado por Thiago Neves, que veio com ele do Rio após ser apresentado oficialmente pelo Flamengo .

Sob forte chuva, subiu para a academia, onde fez musculação. Depois, de cabelo preso e faixa na cabeça, foi para o campo e correu ao lado de Thiago e do volante Fernando. Brincou muito com o goleiro Felipe e mostrou estar louco pelo contato com a bola. Cada vez que encontrava uma pelo caminho, o toque era inevitável, de pé direito ou esquerdo.

Estreia em janeiro
Por enquanto, não há data definida para seu primeiro jogo com a camisa do Flamengo. Mas a expectativa é de que aconteça ainda em janeiro, apesar de o contrato com a Batavo terminar no dia 31 e o clube tentar usar a estreia do jogador para aumentar o valor de seu patrocínio master.

Ronaldinho dividirá o quarto com Thiago Neves e vai treinar com o grupo até o dia 17. Os dois não estarão em campo contra o Volta Redonda, dia 19, no Engenhão, no primeiro jogo do Flamengo no Campeonato Carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.