Craque assume a artilharia do Brasileiro, com cinco gols, e deixa o time próximo dos líderes da competição

null

Ronaldinho Gaúcho parece mesmo ter se empolgado com o Campeonato Brasileiro. Com dois gols, garantiu a vitória por 3 a 2 do Flamengo sobre o América-MG , nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), deixando o time com 13 pontos, próximo dos líderes do Campeonato Brasileiro, e com um confronto com o São Paulo pela frente, dia 6 de julho, no Engenhão. O clube mineiro segue na zona de rebaixamento com apenas cinco pontos.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

A Arena do Jacaré estava pronta para receber o Flamengo de braços abertos. No começo, o time até fez por onde. Com boa participação de Ronaldinho Gaúcho, pressionou o América-MG até marcar o seu gol. Aos 10 minutos, o camisa 10 sofreu falta e ele mesmo cobrou para abrir o placar, deixando o goleiro Flávio sem qualquer chance de defesa.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

O atacante Deivid marcou o segundo gol do Flamengo na noite desta quarta-feira
Futura Press
O atacante Deivid marcou o segundo gol do Flamengo na noite desta quarta-feira
O Flamengo tinha o domínio completo do jogo. Com boa distribuição de jogo e uma marcação implacável de Willians, que voltou a jogar depois de cumprir suspensão na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético-MG, o time não permitia que o América-MG sequer chegasse perto da área defendida pelo goleiro Felipe.

Mas a pressão não foi capaz de produzir gols e o América-MG começou a mudar o jogo, apostando nas jogadas de bola parada. Numa cobrança de falta quase do meio do campo, Amaral cruzou, Welinton desviou, a bola bateu no travessão, Ronaldo Angelim não cortou e Alessandro empatou o jogo, aos 42.

A reação do América-MG não parou por aí. O time ainda conseguiu a virada no primeiro tempo. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Amaral, novamente, cruzou, Deivid não saltou o suficiente para cortar e Anderson apareceu livre, com Felipe preso sob as traves, para marcar o segundo gol, aos 45.

A festa na Arena, com maioria de torcedores do Flamengo, virou vaia. No fim do primeiro tempo, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Renato ainda reclamaram muito com o árbitro Wagner Renway (MT) e saíram de campo aos gritos de timinho.

O técnico Vanderlei Luxemburgo resolveu mudar o time. Ele tirou Luiz Antonio e colocou Negueba. Logo em sua primeira jogada, ele fez bom cruzamento para Deivid, que cabeceou para fora antes mesmo do primeiro minuto de jogo no segundo tempo. Ronaldinho acordou e quase fez um golaço, aos seis.

O Flamengo cresceu no jogo e voltar a dominar as ações na Arena. Até que, aos 11, numa boa troca de passes, Thiago Neves deixou Deivid na cara do gol para empatar e marcar seu quarto gol no Campeonato Brasileiro.

A resposta do técnico Mauro Fernandes demorou a sair. Aos 22 minutos, ele substituiu Rodriguinho por Fabrício. Mas quem continuou pressionando foi o Flamengo, principalmente explorando a velocidade de Negueba.

Aos 27 minutos, a situação se complicou para o América-MG. Leandro Ferreira fez falta em Willians, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Imediatamente, Luxemburgo colocou o argentino Bottinelli em campo no lugar de Willians, que já havia recebido cartão amarelo no primeiro tempo.

Mesmo com tempo para pressionar, o Flamengo teve dificuldades para encontrar espaços na defesa do América-MG. De longe, Bottinelli exigiu grande defesa de Flávio, aos 36. Até que, aos 39, o argentino, que entrou muito bem no jogo, deixou Ronaldinho Gaúcho na cara do gol para fazer o gol da vitória e assumir a artilharia do Brasileiro, com cinco gols.

FICHA TÉCNICA - AMÉRICA-MG 2 X 3 FLAMENGO-RJ
Local:
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 29 de junho de 2011, quarta-feira
Horário: 19h30 (Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Fábio Rubinho e Joadir Pimenta (ambos do MT)
Cartões amarelos:
Amaral, Alessandro, Flávio (América-MG), Willians, Ronaldinho Gaúcho, Junior Cesar, Bottinelli (Flamengo)
Cartão vermelho: Leandro Ferreira (América-MG)

GOLS
América-MG:
Alessandro, aos 42, e Anderson, aos 45 minutos do primeiro tempo
Flamengo:
Ronaldinho Gaúcho, aos 10 minutos do primeiro tempo. Deivid, aos 11, e Ronaldinho, aos 39 do segundo

AMÉRICA-MG: Flávio, Marcos Rocha, Anderson, Gabriel e Gilson; Dudu, Leandro Ferreira, Amaral (Kempes) e Rodriguinho (Fabrício); Alessandro e Fábio Júnior (Willian Rocha)
Técnico: Mauro Fernandes

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Junior Cesar; Willians (Bottinelli), Luiz Antonio (Negueba), Renato e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Diego Maurício)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.