Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ronaldinho encerra jejum e se sente campeão do mundo com torcida

"Voltei para isso, para voltar a ser campeão", disse o camisa 10 após a conquista do Carioca 2011

Gazeta |

Com os olhos marejados, Ronaldinho Gaúcho, logo após comandar a coreografia de seus colegas com o "Bonde do Mengão sem freio", olhava a festa da torcida flamenguista. Parecia não ter percebido os microfones, câmeras e blocos que o rodeavam. Quando os viu, comparou o que vivia como campeão carioca à conquista da Copa do Mundo de 2002.

O camisa 10 vivia a sensação da primeira faixa que colocou no peito desde a festa na Supercopa da Espanha em 2006, com o Barcelona. "Eu estava há cinco anos sem poder gritar 'é campeão'. Mas maior do que tudo isso é esta torcida. A única coisa que se iguala à torcida do Flamengo é ser campeão do mundo", sentenciou.

O capitão do título estadual invicto do Rubro-negro pouco falou. Logo correu para ser abraçado pelos torcedores que estavam nas arquibancadas e repetiu frases de sua apresentação, em janeiro. "Voltei para isso, para voltar a ser campeão. Estou conseguindo cumprir a minha parte e ver esta torcida feliz é o que me motiva."

Na saída do Engenhão, logo depois da festa que continuou nos vestiários, Ronaldinho, vestido de preto e vermelho, tinha pressa para deixar o estádio, mas arranjou tempo para mostrar que não se incomodou por não decidir o título com um gol de falta, como Zico. "Não foi ainda, mas na hora certa isso acontecerá", previu.

Ao assegurar que ainda fará um golaço que dará nova taça a ser guardada na Gávea, ele quer deixar um legado. "Este título é de todos que vivem me apoiando todos os dias. Espero continuar trazendo título e alegria a eles E que daqui a alguns anos o meu filho, quando for visitar a sede do Flamengo, veja que o pai dele entrou para a história."

Com poucas palavras minutos antes de erguer o troféu da Taça Rio, o dentuço craque garantiu: até rivais são contagiados pelo que ele mais está apaixonado, que é a torcida rubro-negra. "Emociona até quem não é flamenguista", comentou, abrindo o característico sorriso, mas com os olhos vermelhos.

Leia tudo sobre: ronaldinhoflamengocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG