Para o volante, campanha cala que duvidou que o time não brigaria pelas primeiras posições após a Copa do Brasil

Rômulo é o queridinho de Ricardo Gomes
Maurício Val / Fotocom.net
Rômulo é o queridinho de Ricardo Gomes
A quarta colocação do Vasco no Campeonato Brasileiro sinaliza, por ora, que o time não está encarando a competição como laboratório para a Libertadores 2012. A conquista da Copa do Brasil criou a expectativa de falta de interesse no maior campeonato nacional. Mas, aos poucos, o clube vai provando que não é bem assim. Já são três vitórias seguidas e, nesta quinta-feira, o adversário será o Bahia , 16º colocado (11 pontos), em São Januário.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Para o volante Rômulo , o triunfo sobre o time baiano deixará o Vasco na cola dos líderes, e o que é mais importante: dará mais respeito diante dos adversários.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

“Muitos falaram que estávamos acomodados por causa do título, mas isso não aconteceu. Sabemos da importância do Campeonato Brasileiro e vamos tentar o título. Pode apostar”, frisou o volante cruzmaltino.

Na medida em que o time vai se destacando, Rômulo ganha prestígio no cenário nacional. Titular absoluto do técnico Ricardo Gomes, deixou de atuar apenas quando o treinador poupou os titulares na reta final da Copa do Brasil. No meio de jogadores mais experientes como Eduardo Costa e Fellipe Bastos, nunca se preocupou com posição. A sua estava sempre garantida .

“Fico muito feliz. Trabalhando sempre para ter esta confiança. Bom ouvir elogios. Pés no chão e humildade para melhorar. O que importa é dar a minha contribuição. Com as vitórias, os destaques aparecem”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.