Após 1 a 0 sobre o Goiás, Carpegiani disse que o goleiro estava "transtornado" com chances desperdiçadas

O capitão do São Paulo , Rogério Ceni , contradisse nesta quinta-feira o comentário do técnico da equipe, Paulo César Carpegiani , de que ele teria ficado “transtornado” com o placar magro diante do Goiás , que no jogo da última quarta-feira no Serra Dourada jogou com um a menos desde os 22 minutos do primeiro tempo.

Siga o iG São Paulo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“De jeito nenhum. O resultado não me irritou. É um resultado que nos dá uma condição de jogar até por um empate aqui”, afirmou o goleiro durante o tumultuado desembarque da delegação são-paulina no início da tarde no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. “Dessa vez a gente começou bem, diferente da outra fase”, completou.

Apesar de terem lamentado as inúmeras chances desperdiçadas na partida de ida, fora de casa, os são-paulinos ao menos puderam comemorar a vantagem obtida. Com isso, o time espera evitar a dificuldade encontrada no confronto da segunda fase, quando o São Paulo foi derrotado pelo Santa Cruz por 1 a 0 no Recife e precisou vencer por dois gols de diferença na volta para se classificar na Copa do Brasil .

Antes da segunda partida contra o Goiás, no entanto, o São Paulo tem outra decisão pela frente. Na tarde de domingo, na Arena Barueri, o time enfrenta a Portuguesa em partida única valendo vaga nas semifinais do Campeonato Paulista .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.