Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rogério Ceni minimiza dia do aniversário: "Perder é sempre ruim"

Goleiro completou 38 anos no último sábado, mas o São Paulo acabou derrotado por 1 a 0 pela Ponte Preta

Gazeta |

O goleiro Rogério Ceni não escondeu a frustração pela derrota do São Paulo diante da Ponte Preta, mas negou que a dor seja maior por fazer aniversário neste sábado. No dia em que completa 38 anos, o arqueiro afirmou que a sensação nos tropeços é sempre igual.

"Não tivemos a mesma mobilidade que nos outros jogos. Tivemos três ou quatro chances no primeiro tempo, mas caímos no segundo. Quero sair com vitória todos os dias, independentemente de ser aniversário. Perder é sempre ruim", lamentou.

O arqueiro ainda tentou explicar o lance do gol da Ponte, marcado no segundo tempo. Renatinho apareceu pela direita e chutou forte, mas Rogério Ceni espalmou para o alto. Assim, Tiago Luís apareceu para mandar de cabeça para as redes.

"Tentei rebater para longe, mas não saiu pela linha de fundo como eu queria", lamentou o camisa 1 do clube. O técnico Paulo César Carpegiani isentou o goleiro de culpa pelo gol.

"O Rogério não errou, foi um chute a queima roupa do Renatinho, que é muito bom jogador. Ele tentou espalmar e a bola foi para o lado. Naquele momento, nosso time queria a posse de bola para partir para cima do adversário. Tentamos adivinhar o lance e não propiciamos a tranquilidade ao Rogério. Fomos surpreendidos e o cara estava sozinho", comentou.

Assim que o jogo acabou, a torcida são-paulina vaiou o time, mas entoou cantos de apoio ao capitão. Na saída dos vestiários, um grupo de torcedores ainda cantou "parabéns" ao goleiro.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG