Meia entra no lugar de Montillo e pede tranquilidade para a equipe no clássico decisivo contra a degola

O meia Roger é o principal responsável pela armação das jogadas do Cruzeiro no duelo contra o Atlético-MG , na última rodada do Brasileirão. O experiente jogador receitou tranquilidade para sua equipe no tenso duelo, já que o time pode se safar também com os outros jogos da rodada.

Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Roger será o substituto de Montillo , suspenso pelo terceiro cartão amarelo . O jogador chamou o companheiro de time de "craque", mas disse que também pode ajudar com seu toque de bola e qualidade nas assistências. "Vamos tentar fazer o papel dele (Montillo), lógico que eu não sou o mesmo jogador, não tenho a mesma idade, a mesma vitalidade. Mas posso ter alguma coisa a mais que ele não tenha e tentar fazer com esse algo a mais que a nossa equipe trabalha mantenha a bola. Sai um craque e entra um com um pouquinho a mais de experiência, mas com a mesma vontade de sair vencedor também", afirmou o armador carioca.

Leia também: Clássico mineiro terá duelo do pior ataque do returno contra melhor defesa

O jogo pede tranquilidade e Roger sabe disso. "A gente tem que jogar de acordo com o que a rodada vai nos dizendo. É diferente do segundo jogo da final do Mineiro que a gente tinha que ganhar de qualquer maneira. Esse jogo, a gente tem outros resultados. É ser inteligente. Não se desesperar, jogar equilibrado porque são 90 minutos para vencer. Temos 90 minutos para vencer a partida, não pode tentar resolver em 15 minutos. É lógico que a gente quer marcar o mais cedo possível", ressaltou Roger.

O Cruzeiro precisa de uma vitória sobre o Atlético-MG para afastar o fantasma do rebaixamento. Todavia, se não fizer sua parte em Sete Lagoas, o time pode se beneficiar com tropeços do Ceará e do Atlético-PR em seus compromissos.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente os conselhos de Roger

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.