Meio-campista se diz feliz no time de Belo Horizonte e espera chegar a cem jogos com a camisa cruzeirense

selo

Roger caiu nas graças da torcida cruzeirense em dois anos de clube
Vipcomm
Roger caiu nas graças da torcida cruzeirense em dois anos de clube
Há exatos dois anos o meia Roger fazia sua estreia com a camisa do Cruzeiro . Desde então, o jogador atuou em 88 partidas e fez 11 gols pelo clube. Nesta segunda-feira, ele comemorou a data "especial" e apontou a dificuldade de chegar a essa marca atualmente no futebol brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu sou muito feliz aqui. Acho que, hoje em dia, completar dois anos em um clube grande, como o Cruzeiro, é muito difícil. Há muita rotatividade dos jogadores. Então, isso é muito especial para mim, dois anos. Logo estarei completando 100 jogos também. Então, é especial", disse, em entrevista ao site oficial do clube.

Leia mais:  Fã do carnaval, meia Roger curte Salvador antes do desfile no Rio

No dia 20 de fevereiro de 2010, Roger vestiu a camisa do Cruzeiro pela primeira vez, e logo em um clássico diante do Atlético-MG . A partida é lembrada pela torcida até hoje. Aos 43 minutos do segundo tempo, o meia marcou o terceiro gol da vitória por 3 a 1, e, na comemoração, vestiu parte da fantasia de raposa do mascote da equipe.

"Sem dúvida foi uma estreia memorável, que todo jogador sonha em fazer quando estreia com a camisa de um grande clube. Foi com gol, contra o maior rival. E a comemoração inusitada, que apareceu na hora, ficou marcada no coração do torcedor. E até hoje, depois de dois anos, é uma das coisas que o torcedor mais lembra relacionada a mim", relembrou.

Após duas temporadas, Roger viveu momentos opostos pelo clube. Em 2010 foi vice-campeão brasileiro, enquanto em 2011 foi campeão mineiro, mas viu a equipe lutar contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

"Foram situações totalmente distintas, mas que, no ano passado, principalmente, a gente conseguiu resolver a situação. Estou muito feliz aqui, sou muito feliz, não só aqui no Cruzeiro, mas em Minas Gerais. O povo é muito carinho. Espero continuar aqui por mais alguns anos", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.