Técnico Renato Gaúcho avaliará lance, mas zagueiro pode pagar multa à caixinha dos jogadores

É rotina no Grêmio . Expulsão descenessária vira contribuição para a caixinha dos jogadores – há multas previstas também por atraso a treino e excesso de peso. Foi o caso do zagueiro Rodolfo na derrota por 3 a 0 para o Oriente Petrolero , quinta-feira, pela Libertadores.

A diferença, porém, foi a mudança de postura do técnico Renato Gaúcho. Desta vez, ao avaliar a má atuação do time , o treinador não quis dar publicidade à punição:

"Vou rever o lance no vídeo da partida. De cabeça fria tomarei a decisão, afinal, é hora de defender o grupo. Agora, as regras são cumpridas".

Rodolfo se disse decepcionado com a atitude tomada em campo: fez falta forte num rival e levou cartão vermelho mesmo não tendo amarelo. Ficará fora da primeira partida das oitavas de final, no Olímpico, ainda sem adversário definido.

"Pedi desculpas ao grupo no vestiário e faço o mesmo à torcida. Prejudiquei a equipe. Temos de esquecer o jogo. Foi catastrófico", avaliou o defensor.

Rodolfo definiu o momento como a hora de buscar recuperação, domingo, contra o Ypiranga, pelo Gauchão:

"Aqui todo mundo se cobra. O grupo é fechado e não tem vaidade. Todos têm liberdade pra falar".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.