Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rochemback descarta clima de revanche contra Ronaldinho Gaúcho

Grêmio irá encontrar jogador seis meses e 22 dias depois da fracassada negociação

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wander Roberto/VIPCOMM
Ronaldinho Gaúcho marcou oito gols no Brasileirão
Seis meses e 22 dias depois da fracassada negociação, o Grêmio irá reencontrar Ronaldinho Gaúcho . Desde aquele 8 de janeiro, quando o presidente Paulo Odone anunciou o fim das tratativas para contratar o então atleta do Milan, o time gaúcho entrou em crise e o jogador virou referência do Flamengo e artilheiro do Brasileirão .

A partida deste sábado, às 18h30min, no Engenhão, no Rio de Janeiro, não será mais um capítulo desta conturbada história. Ao menos é a visão do capitão gremista Fábio Rochemback:

"Esta polêmica é coisa do passado. Todos esqueceram. Não vejo motivação maior do que enfrentar um time qualificado como o deles".

A campanha irregular do time de Julinho Camargo contribuiu para este discurso modesto. Afinal, não foi a primeira vez que o Grêmio não teve sucesso ao tratar com Roberto de Assis Moreira, empresário e irmão do atleta.

Em 2001, ao se aproveitar da mudança da legislação, Ronaldinho transferiu-se ao PSG sem qualquer indenização. A FIFA determinou o pagamento de R$ 11 milhões apenas em 2002.
 

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011ronaldinho gaúcho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG