Sob seu comando, time não conseguiu vencer depois de oito rodadas no Estadual e ocupa a última colocação

Depois de se arrastar no cargo nas últimas semanas, o técnico Roberto Cavalo não é mais o comandante do Paraná Clube . Depois de oito rodadas do Campeonato Paranaense sem vitórias, amargando a lanterna, e se sustentando no emprego graças ao apoio do presidente Aquilino Romani, o treinador não suportou a pressão da torcida e de parte da diretoria.

Roberto Cavalo, na partida do Paraná Clube contra o Paranavaí
AE
Roberto Cavalo, na partida do Paraná Clube contra o Paranavaí

Após a derrota em casa para o Operário , na quarta-feira, Cavalo reiterou que não jogaria a toalha, mas deixaria a definição de seu futuro com a diretoria paranista, que se reuniu nesta quinta-feira e optou por mudanças. No Estadual, o clube tricolor está com um aproveitamento pífio de 8%, correndo risco de queda.

Visando o jogo diante do Iraty, no sábado, o auxiliar Ageu Gonçalves comandou o treinamento da tarde na Vila Capanema e ficará no cargo até a definição do novo nome. Um dos pivôs da crise com Cavalo, o vice de futebol, Paulo César Silva, segue no clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.