Lateral-esquerdo reclamou de dores na coxa e foi sacado do jogo. Fábio Santos deve substituí-lo

O técnico do Corinthians Tite informou no início desta tarde que o lateral esquerdo  Roberto Carlos não poderá ser utilizado no duelo decisivo contra o Tolima pela Libertadores nesta quarta-feira, em Ibagué, na Colômbia.

Roberto Carlos tem uma lesão muscular na coxa direita
AE
Roberto Carlos tem uma lesão muscular na coxa direita
"Tive uma conversa com ele que me disse não se sentir seguro para o jogo por conta desta lesão que sentiu na semana passada (após partida de ida contra o Tolima). Desta forma achamos melhor poupá-lo deste jogo", disse o treinador, no saguão onde a equipe está hospedada na cidade colombiana.

Roberto Carlos sentiu uma lesão na coxa direita no jogo do Pacaembu há uma semana. Não participou do jogo contra o São Bernardo, pelo Paulistão, domingo, e estava confiante para o jogo na segunda-feira, quando conversou com jornalistas brasileiros. Porém, após os treinos na segunda-feira, o jogador voltou a reclamar de dores e nesta terça informou o problema para a comissão técnica que decidiu tirá-lo do jogo.

Desta forma, Fábio Santos, que estreou pelo Corinthians no último domingo, deve ganhar a vaga na lateral-esquerda corintiana. "Esta é a tendência, mas prefiro aguardar os treinos de hoje (marcado para as 19h locais, 22h de Brasília) para confirmar", disse Tite.

"Dor insuportável"

Na última quarta-feira, após o jogo de ida contra o Tolima, no Pacaembu, Roberto Carlos admitiu que jogou machucado . “No meu caso é lesão. Fui substituído porque tenho uma lesão na coxa (esquerda). Desde o ano passado tenho esse problema e já falei com o departamento médico para poder tratar”, admitiu ainda no vestiário do Pacaembu. “É uma micro lesão, mas incomoda. Vou jogar na quarta-feira, mas é claro que jogar com dor é insuportável”, reclamou o llateral após o empate de 0 a 0, na última quarta-feira.

Um dia depois, o departamento médico do Corinthians disse que era a primeira vez no ano que o jogador se queixava da lesão . “É uma mialgia no músculo posterior da coxa esquerda. No ano passado ele já havia reclamado dessa dor, mas nesse ano é a primeira vez”, disse o médico Júlio Stancati, que acompanhou o elenco na primeira partida contra o Tolima, no Pacaembu, pela primeira fase da Libertadores. Mialgia é uma dor muscular causada, normalmente, pelo esforço excessivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.