Time terá que jogar duas partidas sem público e três só com acesso às escadarias pelos sócios do clube

O River Plate foi punido nesta quinta-feira com a restrição de torcedores no estádio Monumental de Nuñez por cinco rodadas no Campeonato Argentino, devido aos incidentes de junho provocados após o rebaixamento da equipe para a Segunda Divisão.

Das próximas cinco partidas que o time disputará em casa, as duas primeiras serão sem público e as três restantes só com acesso às escadarias pelos sócios do clube. A demora em tomar a decisão de fechar o estádio permitiu ao River contar com o apoio da torcida quando estreou em casa na Série B, na terça-feira passada, quando venceu o Chacarita por 1 a 0, diante de um público de 30 mil pessoas. No próximo fim de semana, na segunda rodada do torneio, a equipe comandada pelo técnico Matías Almeyda jogará na cidade de Mendoza, contra o Independiente.

Os incidentes que provocaram a punição ocorreram no fim da partida do dia 26 de junho, contra o Belgrano, um empate por 1 a 1 que condenou o River ao primeiro rebaixamento em seus 110 anos de história. Naquele jogo, muitos torcedores quebraram as instalações do estádio e protagonizaram violentos confrontos com a Polícia, que terminaram com vários feridos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.