Tamanho do texto

Diário Olé afirma que clube pegará 20 partidas de suspensão pela violência de seus torcedores no jogo que selou rebaixamento

Além de amargar o rebaixamento, o River Plate poderá pagar pela violência de seus torcedores. Segundo o diário Olé , o clube deve pegar 20 jogos de suspensão pelo ocorrido no último domingo. A informação ainda não é oficial, mas isso significaria que o maior campeão argentino teria que disputar toda a Série B do Campeonato Argentino longe do estádio Monumental de Nuñez.

O árbitro argentino Sergio Pezzotta não pôde dar nenhum minuto de acréscimo no empate por 1 a 1 contra o Belgrano , na partida decisiva do rebaixamento da Argentina, pois os torcedores brigavam com a polícia, causando mais de 70 feridos. O presidente do Sindicato de Árbitros do país, Guillermo Marconi, afirmou que o apitador não teve escolta no intervalo e foi ameaçado de morte.

O River Plate foi rebaixado à Série B do futebol argentino pela primeira vez em seus 110 anos de história. A punição poderia impor ao time jogar sem torcida, mas a Federação Argentina decidiu pelos 20 jogos de suspensão.

Na segunda-feira, o presidente Daniel Passarella anunciou o novo técnico do time: o meia Matias Almeyda se aposentou do futebol profissional e substitui J.J. López, demitido antes mesmo do rebaixamento. O ídolo do River Plate voltou em 2009 para tentar ajudar seu clube ainda como jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.