Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Rivaldo se licencia do cargo de presidente do Mogi Mirim

Pelo contrato que assinou com o clube do Morumbi, meia também não pode enfrentar o clube do interior

AE |

O meio-campista Rivaldo, principal reforço do São Paulo para a temporada, decidiu se licenciar oficialmente do cargo de presidente do Mogi Mirim por um período de 12 meses. Apresentado no Morumbi na última sexta-feira, Rivaldo afirmou na ocasião que continuaria como presidente do clube do interior paulista, pois julgava que as duas funções não eram concorrentes. "Eu investi no clube, se eu me afastasse daria na mesma, eu ficaria por trás", garantiu.

Pelo contrato que assinou com o São Paulo, Rivaldo também não pode enfrentar o Mogi Mirim, caso as duas equipes venham a se encontrar nas fases eliminatórias da competição. Os dois times já se enfrentaram no Paulistão, na primeira rodada do torneio, com vitória tricolor por 2 a 0.

De acordo com o site oficial do São Paulo, a decisão de Rivaldo deixar a presidência foi do próprio craque. E o pedido de afastamento já foi protocolado pelo vice-presidente do Mogi Mirim na Federação Paulista de Futebol.

Prestes a estrear com a camisa do São Paulo, o que deve acontecer nesta quinta-feira, contra o Linense, no Morumbi, Rivaldo diz estar empenhado a ajudar o clube a subir na tabela. "Nada melhor que estrear em casa, diante da torcida são-paulina. Precisamos do resultado positivo e vamos atrás disso. Claro que encontraremos dificuldades, mas estou empolgado. Estrear com derrota ou empate é muito triste. Vou me empenhar muito em campo para conseguir os três pontos, que vão nos manter entre os primeiros", ressaltou o jogador.

O craque, novo dono da camisa 10 do São Paulo, afirma que, apesar dos 38 anos, espera já poder estrear atuando do apito inicial até o final. "Minha vontade é jogar os 90 minutos, mas é claro que tudo isso vai depender. Faz tempo que eu não jogo e posso sentir alguma coisa. Mas vim para o São Paulo para jogar sempre os 90. No decorrer dos jogos, a minha intenção é jogar o tempo inteiro. Mas isso quem vai resolver será o treinador", completou Rivaldo.

Leia tudo sobre: São PauloMogi MirimRivaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG