Rivalidade entre Atlético-MG e Cruzeiro aumenta ainda mais à medida em que o rebaixamento ameaça a dupla

Se antes os torcedores de Atlético-MG e Cruzeiro torciam um contra o outro por pura rivalidade, agora "secar" é uma necessidade. Isso porque os dois principais times de Minas Gerais estão separados por apenas três pontos na tabela e lutam contra o rebaixamento no Brasileirão 2011.

Siga o iG Cruzeiro e o iG Atlético-MG no Twitter e receba notícias do seu time em tempo real

No Cruzeiro, o técnico Vágner Mancini sabe da rivalidade dos dois times e afirmou que procura acompanhar, sim, os jogos de todos os rivais. No entanto, o treinador não quer desperdiçar sua energia com outros times enquanto precisa correr contra o tempo para conhecer melhor o Cruzeiro, que tem 29 pontos na tabela de classificação e é o primeiro time fora da zona da degola.

Confira a classificação do Brasileirão após 27 rodadas

"Antes o torcedor já secava por conta da rivalidade, agora é necessidade. Mas acompanho todas as equipes. Estou muito mais concentrado é no Cruzeiro e disse que faria intensivão total até o jogo contra o Bahia. Depois teremos tempo para analisar. Nós que vivemos no futebol temos que nos dedicar à nossa equipe e não perder nossos objetivos", explicou o treinador.

Site do Cruzeiro ironizou o rival depois da vaga para a Libertadores em 2009
Reprodução site oficial do Cruzeiro
Site do Cruzeiro ironizou o rival depois da vaga para a Libertadores em 2009
O atacante Keirrison tem discurso semelhante ao do treinador e quer uma arrancada a partir do jogo dessa quarta-feira, contra o São Paulo. "Temos que pensar em nós, até porque o Cruzeiro é muito grande. Temos que pensar em vencer sempre. Nosso próximo jogo é muito importante para conseguir uma sequência de vitórias. Não podemos pensar em outras equipes, somente nos nossos objetivos", afirmou o K9.

Dos 11 jogos que faltam no Brasileirão, o Cruzeiro faz seis em casa (veja tabela abaixo). Se vencer todos, se livra do temido rebaixamento, segundo as contas de Vágner Mancini. "A conta é simples: temos que vencer cinco jogos para permanecer na primeira divisão", planejou o treinador em sua apresentação.

Do lado atleticano, o meia Daniel Carvalho , que está com uma contusão muscular e não joga os dois próximos jogos , disse que "seca" rivais diretos na luta contra o rebaixamento. "A gente sempre tenta acompanhar os adversários, principalmente os resultados. Mas não adianta o Ceará perder, o Grêmio perder e quando chegar a nossa hora, a gente perder também. Enquanto temos condições de nos livrarmos dependendo apenas da gente, temos de deixar um pouco de lado os adversários. Mas quando o campeonato vai afunilando, é bom começar a secar os adversários", ressaltou o meia.

Site do Cruzeiro ironizou o rival depois da vaga para a Libertadores em 2009
Reprodução site oficial do Cruzeiro
Site do Cruzeiro ironizou o rival depois da vaga para a Libertadores em 2009
O Atlético-MG tem 26 pontos e é o vice-lanterna do Brasileirão. O time alvinegro pode se beneficiar da tabela na reta final, já que tem sete partidas na Arena do Jacaré (disputa dois clássicos como visitante) . Entretanto, a equipe de Cuca tem "pedreiras" pela frente: enfrenta quatro times que estão na luta direta pelo título da competição, Vasco, Fluminense, Corinthians e Botafogo. 

A rivalidade pode chegar ao seu extremo na última rodada da competição. Os dois times fazem um clássico que pode ser decisivo para decidir quem cai e quem permanece na elite do futebol nacional. A última vez que os dois times chegaram à derradeira partida do Brasileirão lutando pelo mesmo objetivo foi em 2009, quando estava em disputa uma vaga na Libertadores. Na ocasião, o Cruzeiro levou a melhor e conseguiu disputar o torneio continental, o que foi motivo de muitas brincadeiras com flanelinhas para o torcedor cruzeirense, já que os rivais teriam "guardado" a vaga do time azul na Libertadores durante boa parte do torneio.

JOGOS  DO ATLÉTICO-MG JOGOS DO CRUZEIRO 
28ª RODADA América-MG (neutro) São Paulo (casa)
29ª RODADA  Santos (casa)  Bahia (fora)
30ª RODADA  Vasco (fora)  Corinthians (casa)
31ª RODADA  Fluminense (fora)  Atlético-GO (casa)
32ª RODADA  Palmeiras (casa)  Botafogo (fora)
33ª RODADA  Grêmio (casa)  Flamengo (fora)
34ª RODADA  Figueirense (fora)  Internacional (casa)
35ª RODADA  Coritiba (casa)  Avaí (fora)
36ª RODADA  Corinthians (fora)  Atlético-PR (casa)
 37ª RODADA  Botafogo (casa)  Ceará (fora)
38ª RODADA  Cruzeiro (neutro) Atlético-MG (neutro)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.