Volante se despediu do São Paulo após cinco anos e meio e agora analisa propostas para decidir seu futuro em 2011

De saída do São Paulo, o volante Richarlyson afirma ainda não ter decidido onde jogará em 2011. E na contramão do discurso mais comum entre os jogadores brasileiros, ele afirma que preferiria continuar no Brasil a ir jogar na Europa, onde diz que as dificuldades de adaptação a uma nova cultura e clima diferente seriam pontos negativos.

Se colocar no papel, lá fora tem mais contras do que prós. Você chega em uma nova cultura, tem que começar do zero, converter a moeda, aguentar o clima. Então teria que ser uma proposta realmente muito boa, principalmente financeiramente, para eu deixar o Brasil, afirmou o jogador.

Apesar de destacar o aspecto financeiro, Richarlyson admite que atualmente mesmo ficando no Brasil é possível para um jogador profissional ter ótimos ganhos. O futebol brasileiro está tão competitivo, de alto nível, até em termos financeiros, que uma proposta da Europa já não é tão instigante como antigamente. Prefiro ficar no Brasil mesmo, que já estou habituado.

Com seu contrato se encerrando no dia 20 de dezembro, as especulações sobre assédio de outros times já havia começado há alguns meses. Entre os candidatos, apareceram Fluminense, Botafogo, Atlético-MG e até o rival Palmeiras. O atual líder do Campeonato Brasileiro seria o favorito a contratar o jogador por conta da influência do técnico Muricy Ramalho, mas Richarlyson desconversa: não tem nada confirmado.

Apesar de ter deixado o São Paulo, o camisa 20 celebrou o fato de ter entrado para a história do clube. Do elenco atual, ele é o segundo jogador que mais entrou em campo com a camisa do clube, atrás apenas de Rogério Ceni. Foram 244 jogos e 12 gols desde 2005.

E foi justamente o camisa um que Richarlyson citou para dizer que estará sempre na história do São Paulo. Vou recordar o que o Rogério sempre diz. Quando a gente conquista um título, podem passar anos e anos, mas vai ficar para sempre a nossa foto no quadro.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.