Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Richarlyson cita o hino do Atlético-MG, mas descarta vingança

Jogador atleticano citou parte do "Galo forte e vingador", mas não por causa do clássico segundo ele

Victor Martins, iG Belo Horizonte |

Na goleada sofrida para o Cruzeiro no ano passado, o volante Richarlyson foi um dos jogadores mais questionados pela torcida do Atlético-MG . O fraco desempenho diante do rival vez com que os torcedores aumentassem a cobrança sobre o jogador, que neste domingo vai ter a oportunidade de dar uma resposta aos atleticanos. No entanto, Richarlyson descarta o sentimento de vingança contra o Cruzeiro.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

“Não adianta ganhar dez jogos, como ganhamos, e chegar no clássico e perder ou não demonstrar o que demonstramos até agora. Espírito de luta e vencedor. Se vai ser parcelado ou não, a gente tem a primeira oportunidade de demonstrar que, além de ser passado, estamos vivendo um grande momento e podemos começar uma nova era dentro do Atlético”, disse o jogador que tem atuado como lateral-esquerdo e deu sua versão para a goleada de 2011.

Leia também: Meia Bernard diz estar 100% e pronto para voltar ao Atlético-MG

“Somos humanos e vínhamos de uma pressão muito grande, lutando na zona do rebaixamento. Quando você alcança o objetivo tão desejado, é nítido e normal que você tenha aquele relaxamento do ser humano. Nosso erro foi tentar ser vingativo demais e querer colocar o Cruzeiro na segunda divisão ao invés de coroar nosso final de temporada. Era muito melhor a gente continuar fazendo o que vinha dando certo”.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Uma boa forma de começar a ganhar a confiança da torcida de volta é mostra vontade, o que segundo muitos torcedores foi o que faltou ano passado. E isso, Richarlyson diz que não vai faltar neste domingo. “É saber que os torcedores estão machucados, como nós também estamos. Mas é ter a certeza do bom trabalho feito esse ano. Desde o apito do árbitro é mostrar que estamos querendo, buscando a vitória e vamos buscar desde o começo e trazer o torcedor que vai nos ajudar”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de descartar qualquer sentimento de vingança no duelo deste domingo, contra o maior rival, Richarlyson chegou a citar o hino do Atlético-MG, que chama o time de "Galo forte e vingador". "Acho que vale para sempre, não apenas para agora. Tanto que é um hino forte, marcante. As pessoas que trabalham dentro do clube fazem o que o hino pede e não vai ser diferente. Agora, temos de pensar nesse momento o que é a palavra vingador. Talvez não tenha a necessidade de ser vingador, você vencendo para continuar com o seu objetivo é melhor".

E não é apenas Richarlyson que descarta o sentimento de vingança. O meia Bernard é outro que deseja vencer o Cruzeiro, mas não pelo o que ocorreu em dezembro passado, mas para garantir o primeiro lugar na fase de classificação do Estadual .

“Temos que mostrar para nos mesmos que somos capazes. Ficou marcado na cabeça dos torcedores, mas é um momento diferente e temos que fazer com que a gente não quebre essa seqüência de vitórias. Não tem vingança. Estamos aqui para jogar, vencer. A gente quer chegar no domingo e ganhar o jogo”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGMineiro 2012RicharlysonCruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG