Técnico do Vasco comandou atual treinador do Bangu, em 2004, em sua passagem pelo Fluminense

O jogo com o Bangu, às 16h, em São Januário , pela Taça Rio, traz uma agradável particularidade para Ricardo Gomes. Do outro lado, no comando do time de Moça Bonita, estará Marcão, jogador dirigido pelo atual treinador do Vasco, em 2004, no Fluminense.

Será um reencontro amigável. O volante foi capitão da equipe tricolor durante quase uma década. Na passagem de Gomes pelas Laranjeiras, os dois mantiveram boa relação. Hoje, vendo seu ex-jogador como o mais novo companheiro de profissão, o técnico revela que a transição de Marcão para a beira do campo era uma tendência natural.

“Já via potencial nele para isso naquela época. Ele sempre escutou bem, tinha noção de posicionamento, liderava dentro e fora de campo. Marcão, nos tempos de jogador, tinha qualidades como enxergar o jogo e ler taticamente o adversário”, comentou Ricardo Gomes.

O jogo desta tarde marca também a estreia do novo terceiro uniforme vascaíno, inspirado na luta contra o racismo. A camisa é uma homenagem aos jogadores de 1923, vítimas de preconceito numa época em que a elite do futebol carioca desfilou o Vasco da liga profissional por não concordar com a presença de 12 negros na esquipe. O time do começo dos anos 20 ficou conhecido como Camisas Negras, tornando-se símbolo de inclusão social.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.