Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ricardo Gomes testa Vasco ofensivo para clássico com o Fluminense

Técnico experimenta várias formações no meio-campo e ataque para não ser surpreendido no domingo

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O técnico Ricardo Gomes prepara um Vasco ofensivo para o clássico de domingo contra o Fluminense, no Engenhão. O atacante Alecsandro está relacionado para o jogo, mas deve começar no banco. A princípio, o time é o mesmo que derrotou o Botafogo por 2 a 0, na última rodada. A exceção é Ramon, suspenso por três partidas pela expulsão contra o Macaé.

Site oficial
Diego Souza deve começar no ataque novamente
Mesmo que Alecsandro não comece jogando, o treinador armou um esquema versátil. Diego Souza deve ser mantido na frente, ao lado de Eder Luis. Assim, o meio-campo terá novamente Eduardo Costa, Rômulo, Felipe e Bernardo. Porém, na segunda parte do coletivo desta quinta-feira, o treinador mexeu em nada menos que quatro peças.

A primeira alteração foi a saída de Bernardo. O meia não repetiu, no clássico alvinegro, as boas atuações contra Duque de Caxias e Madureira. Ele deu lugar a Alecsandro, que foi para o ataque formar dupla com Eder Luis. Diego Souza recuou para compor o meio, sua posição de origem.

Gomes não parece ainda seguro em mudar a escalação. Principalmente após a vitória sobre o Botafogo. Assim mesmo, o comandante vascaíno não abriu mão de testar várias formações. Uma delas foi no ataque. Leandro, que vem entrando sempre na segunda etapa, substituiu Eder Luis. Os dois, na verdade, disputam posição, já que Ricardo Gomes pretende utilizar o ex-gremista como segundo atacante.

Quem também teve a chance de treinar novamente entre os titulares foi Felipe Bastos. O meia entrou na vaga de Eduardo Costa. Jogador de característica ofensiva, Bastos melhorou a transição da bola do meio para o ataque. E, por fim, Felipe deu lugar a Jeferson. Com Fágner machucado e Ramon suspenso, O Vasco deve entrar campo no domingo com Fernando Prass, Allan, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Eduardo Costa, Rômulo, Felipe e Bernardo; Diego Souza e Eder Luis.

Em São Januário, a expectativa é de um Fluminense diferente no domingo. A vitória de virada sobre o América do México, quarta-feira, pela Libertadores, pode servir de estímulo para os jogadores tricolores. Mais: é senso comum no Vasco que o resultado do meio de semana fará o adversário embalar. Assim, para não ser surpreendido, Gomes testou todas as possibilidades contra um adversário de muita movimentação e velocidade.

“Nada está garantido. Vencemos o Botafogo, mas as coisas podem mudar lá na frente. Por isso, precisamos de atenção. O Fluminense tem um ataque muito perigoso. Queremos vencer, ganhar a Taça Rio e brigar pelo título carioca”, alertou o zagueiro Anderson Martins.

Diego Souza falou sobre o fato de ser improvisado novamente como atacante e a possibilidade de voltar para o meio durante o clássico.

“O time está se conhecendo. Eu, aliás, estou conhecendo os jogadores. O legal é que eles me ajudam, e a gente precisa se ajudar em campo, se cobrar, correr pelo outro, pois só assim as coisas podem dar certo. Sem o entrosamento ideal, só com muita conversa. Mas este grupo está querendo, e não vai faltar esforço”, declarou o camisa 10 vascaíno.

 

Leia tudo sobre: vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG