Resposta do técnico do Vasco nas 72 horas após deixar a UTI tem surpreendido os médicos

Futura Press
Os problemas de Ricardo Gomes começaram em 28 de agosto, no clássico contra o Flamengo
É cada vez mais animador o quadro de Ricardo Gomes. Após completar 72 horas em um quarto privativo , o técnico do Vasco mostra evolução capaz de antecipar sua alta do hospital. De acordo com o boletim médico divulgado na manhã desta quinta-feira, a junta médica admite a expectativa de o paciente deixar o hospital - onde está internado desde 28 em razão de um AVC hemorrágico - em uma semana.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

“A previsão é que a alta hospitalar de Ricardo Gomes aconteça até a próxima semana”, diz o comunicado.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Na última sexta-feira, a mesma junta médica que acompanha o paciente disse, em entrevista coletiva, que este prazo seria de duas ou três semanas. Como seu estado “permanece com estabilidade clínica e neurológica, sem apresentar qualquer tipo de complicação, com lucidez, respirando espontaneamente e apresentando um ótimo nível de raciocínio”, a equipe responsável pela recuperação do treinador já admite liberá-lo antes. Ricardo Gomes prossegue com o trabalho intenso de fisioterapia motora e de fonoaudiologia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.