Treinador antecipa que o time vai estrear no Brasileiro, sábado, contra o Ceará, com uma equipe reserva

Para conseguir a classificação fora de casa, todo esforço será feito para o Vasco tentar desbancar o Avaí , em Florianópolis, na próxima semana. Nesta quarta-feira, as duas equipes ficaram no empate por 1 a 1 , em São Januário.

No sábado, o Vasco estreia no Campeonato Brasileiro, em Fortaleza, contra o Ceará. Gomes antecipou que vai mandar a campo um time reserva. Sua preocupação, no momento, é recuperar o zagueiro Anderson Martins , que deixou o campo com suspeita de estiramento muscular. O treinador não parecia muito otimista. "Acho que perdemos o jogador. Vamos esperar os exames", lamentou Gomes.

O time já perdera para o compromisso desta noite o volante Rômulo, também com lesão muscular.

"O prejuízo foi grande. Mas temos que buscar essa vitória fora. Lá, não podemos mais perder tempo indo buscar a bola desordenadamente", disse o treinador, que viaja para a capital cearense na sexta para treinar o time titular no Rio. (O time reserva segue nesta quinta para a capital cearense).

Menos mal que Diego Souza marcou o golzinho salvador, de pênalti, nos acréscimos, porque a cara de Ricardo Gomes não foi a mesma das últimas entrevistas coletivas.

Para o comandante cruzmaltino, o meio de campo foi o principal problema na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. "Vamos ter que melhorar. Hoje, demoramos muito a recuperar a bola. Com isso, o time abriu. Começamos bem o primeiro tempo, mas no segundo ficamos 20, 25 minutos sendo dominados pelo Avaí. Precisamos corrigir isso para o jogo lá", analisou Ricardo Gomes, concordando que a classificação está mais próxima do time catarinense. "Sim, pelo regulamento está melhor para eles, que marcaram um gol fora de casa. Mas vamos trabalhar e temos condições."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.