Técnico passou mal durante clássico entre Vasco e Flamengo, no Engenhão. Ele sofreu um AVC hemorrágico

O estado de saúde do técnico Ricardo Gomes é grave, e a vida do comandante do Vasco corre risco. Ele sentiu-se mal durante o segundo tempo do clássico contra o Flamengo , na tarde deste domingo, no Engenhão, e foi levado ao Hospital Pasteur, no Méier, perto do estádio.

Ricardo Gomes sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico e do lado direito do cérebro, que controla a fala e os movimentos. Uma intervenção cirúrgica foi iniciada por volta das 20h30 e deve durar três horas. A cirurgia é comandada pelo Dr. José Antônio Guasti.

Enquanto o treinador era operado, chegaram ao hospital o presidente Roberto Dinamite, o goleiro Fernando Prass e o meia Felipe, o auxiliar Cristóvão e o diretor-executivo Rodrigo Caetano. "Não há o que fazer. O momento é de reza. Estava tentando acalmar os familiares dele. Ricardo foi o melhor treinador com quem trabalhei", disse o meia Felipe.

Ricardo Gomes passa mal durante o clássico e é amparado por médicos no Engenhão
Futura Press
Ricardo Gomes passa mal durante o clássico e é amparado por médicos no Engenhão


Mal-estar no Engenhão
De acordo com o médico do Vasco Clovis Munhoz, o treinador teve uma queda de pressão pela falta de vascularização no cérebro. Logo que foi atendido, a pressão do treinador indicava 19 por 12. Foram feitos também exames de rotina como testes pata testar sua lucidez e foi concluído que o melhor seria levá-lo a um hospital onde pudesse ser submetido a uma bateria de novos exames – incluindo ecografia e tomografia

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Ele me reconheceu. Cheguei e perguntei: ‘Sabe quem sou eu?’ Ele disse meu nome, conversamos e vi sua lucidez. Mas estava um pouco nervoso, sem organizar direito as palavras. É muito cedo para qualquer diagnóstico. Só mais tarde saberemos o que houve”, disse o médico do Vasco.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Veja galeria de fotos da rodada do Brasileirão

Problema idêntico no São Paulo
Ricardo Gomes teve, em fevereiro de 2010, um problema semelhante quando dirigia o São Paulo. Na ocasião, o treinador se sentiu mal logo após um clássico contra o Palmeiras, pelo CAmpeonato Paulista. Ele chegou a ser internado, ficou dez dias afastado do trabalho e depoix voltou a comandar a equipe normalmente.

Sobre este episódio, Munhoz revela que ambos já tiveram longa conversa esclarecedora a respeito do tema. De acordo com o médico, Ricardo Gomes contou tudo o que aconteceu e o que foi feito para investigar o mal-estar sofrido no Morumbi, a fim de que o Vasco não achasse que estava contratando um profissional com risco de lesão cerebral.

“Ele me contou que na época, ele fez todos os exames, investigou tudo para saber o que era. E não foi encontrado nenhum indício de AVC“, diz Clovis Munhoz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.