Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ricardo Gomes considera empate com o Fluminense justo

Para treinador vascaíno, saída de Felipe no meio do segundo tempo recolocou o time tricolor na partida

Marcello Pires, iG Rio de Janeiroo |

Se para os quase 30 mil torcedores que prestigiaram o clássico entre Fluminense e Vasco o empate sem gols foi frustrante, para o técnico vascaíno Ricardo Gomes o resultado acabou sendo justo. Se o 0 a 0 deixou o Fluminense em uma situação complicada, na terceira colocação com oito pontos, o Vasco se manteve na liderança do Grupo A, com os mesmos dez pontos de Boavista e Americano, mas com melhor saldo de gols.

Depois de um início promissor, o Vasco acabou dando espaço para o Fluminense tomar conta da partida. Mas o domínio tricolor foi maior apenas no primeiro tempo. No segundo, apesar do excessivo número de passes errados, o time vascaíno teve mais volume de jogo e chegou a encurralar o atual campeão brasileiro.

Com inúmeras chances de gols para ambos os lados, Ricardo Ricardo Gomes foi econômico nas palavras para definir o resultado. “O resultado foi justo. As duas equipes buscaram o jogo, mas ao mesmo tempo neutralizaram o adversário. Por isso o empate”, explicou Ricardo Gomes.

Um dos melhores do time vascaíno, Felipe cansou e pediu para ser substituído no meio do segundo tempo para a entrada de Jeferson. A importância do experiente camisa 6 do Vasco é tanta, que Ricardo Gomes acredita que a saída de Felipe foi a razão do crescimento do adversário na partida.

“Assim como o Diego Souza faz os jogadores à sua volta jogarem melhor, o Felipe também. Nosso time caiu de produção quando a saída dele e o Fluminense cresceu novamente no final da partida”, explicou.

Leia tudo sobre: VascoCampeonato Carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG