Meia volta a alternar altos e baixos e treinador resolve manter Bernardo sábado, contra o Atlético-PR

Diego foi decisivo nas finais da Copa do Brasil, mas voltou a alternar altos e baixos
AE
Diego foi decisivo nas finais da Copa do Brasil, mas voltou a alternar altos e baixos
Diego Souza vai para o seu segundo jogo no banco de reservas. Pelo menos foi o que deixou claro o técnico Ricardo Gomes. O meia, que perdera a posição para Bernardo na vitória de 2 a 0 sobre o Internacional , continua fora da equipe. Gomes não vinha gostando da atuação do seu setor de meio de campo e resolveu mudar. Como o time foi bem na última rodada, ele não vê motivos para trocas.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“A tendência é o Bernardo permanecer no time. Não é hora de mexer. Está dando certo, Bernardo entrou bem. Aliás, já vinha bem. Nunca deixou de ser um jogador útil, era sempre utilizado, só que agora vamos colocá-lo de início”, disse Ricardo Gomes.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Diego volta a alternar altos e baixos no Vasco. Sua melhor fase, para sorte do time, foi nas finais da Copa do Brasil. O jogador foi decisivo nas quartas de final e semifinal. Antes, porém, chegou a ser contestado pelo próprio treinador. Agora, passada a ressaca do torneio nacional, o camisa 10 volta a ser alvo de críticas da torcida. Em 20 partidas, marcou apenas quatro gols.

Assim, o meio de campo para o compromisso de sábado, em São Januário, contra o Atlético-PR , pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, será Rômulo, Juninho Pernambucano, Felipe e Bernardo. Na frente, Alecsandro e Eder formam a dupla de ataque. Atrás, o Vasco terá Fernando Prass; Max (Allan), Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca (Jumar). Com 14 pontos, o time ocupa a sétima posição na tabela e vai enfrentar o lanterna da competição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.