Determinação no Vasco era para evitar que atacante pegasse na bola com liberdade somente longe da área

Neymar não se criou contra o Vasco , na noite desta quarta-feira, em São Januário. Durante a semana, muito se badalou o duelo do atacante com o zagueiro Dedé. O treinador comemorou o fato de o camisa 11 da Vila mal ter tocado na bola na área cruzmaltina. O Vasco derrotou o Santos por 2 a 0 pela 14ª rodada do Campeonado Brasileiro.

null"Neymar só recebia com liberdade longe da nossa área. Não deixamos ele entrar na área. Se a gente deixasse ele jogar, meu amigo, um abraço. Neymar jogando com liberdade inferniza qualquer defesa", vibrou o técnico vascaíno.

Dedé, convocado pela primeira vez por Mano Menezes para vestir a camisa da Seleção, levou a melhor em todas as disputas. Gomes conta que não chegou a conversar com o zagueiro sobre o duelo. A responsabilidade de enfrentar um atacante como o habilidoso jogador santista já era suficiente.

"Quer motivação melhor do que estar brigando pelas primeiras posições do Brasileiro? Dedé entrou concentrado, consciente, e nós fizemos o que devia ser feito: não deixar ele chegar livre na área".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.