Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ricardinho não rebate Dorival, mas diz que não pôde se defender

Meia diz que não entende sua dispensa do Atlético-MG. Técnico o acusa de falta de profissionalismo

iG São Paulo |

Gazeta Press
Ricardinho era titular do Atlético-MG, mas "quebra de hegemonia" o tirou do time
A saída de Ricardinho do Atlético-MG segue cercada de mistérios. O meia se pronunciou sobre o caso, nesta terça-feira, mas não esclareceu os motivos de sua dispensa do time e apenas reclamou por não ter tido chances de se defender. A polêmica foi reaberta um dia antes, quando o técnico Dorival Júnior participou de um programa no canal Sportv e chegou a falar que Ricardinho foi dispensado por "uma falta de profissionalismo e uma traição".

Ao comentar o caso, primeiramente Ricardinho disse que estava surpreso e relembrou sua carreira: "Sempre fui um profissional que nunca teve problemas em relação à dedicação. E foi com muita surpresa que a gente recebeu isso, dizendo que eu estava dispensado por quebra de hierarquia", declarou o meia, também em entrevista ao Sportv. Ele também negou que um fato isolado tenha causado sua saída: "Desde o primeiro dia, sempre fui bem tratado por todos. Nunca tivemos bate-boca, discussão e nem nada assim".

Ricardinho afirmou ainda que não teve a chance de se defender sobre a situação que causou a sua dispensa: "Não entendo e não sei o que possa ter acontecido, até porque não tive oportunidade de conversar em nenhum momento. Eu simplesmente fui avisado que estava dispensado, então não pude esclarecer qualquer coisa que possa ter acontecido", alegou ele.

Já Dorival Júnior disse que comunicou os motivos da dispensa para o elenco do Atlético-MG, mas não quis revelá-lo publicamente, pois entende que isso pode prejudicar Ricardinho profissionalmente. Além do meia, o volante Zé Luís também foi dispensado ao mesmo tempo, pelo mesmo motivo.

"Foi uma decepção muito grande. Falei tudo o que tinha que falar para meus jogadores. Falei na frente dos dois. Quando percebi o que estava acontecendo no elenco, comuniquei à diretoria. Não é fofoca. Caracterizou uma falta de profissionalismo e uma traição. Foi apurado e muitas foram as fontes de dentro do próprio clube", contou o técnico.

Ricardinho apenas deu indícios de que a "quebra de hegemonia" pode ter acontecido por causa de sua vontade em opinar sobre o time: "Sou um atleta que participo, que tenho opiniões, personalidade e não me omito de fazer qualquer colocação pra qualquer profissional. Acho que só assim a gente consegue resultado. Se isso é problema, aí é outra questão", argumentou.

Botafogo
Enquanto está sem clube, Ricardinho tem sido especulado no Botafogo, time que procura meias de armação. O meia, porém, mostrou cautela ao comentar a possível transferência: "Sinceramente, eu não defini isso ainda. Tenho que ver uma série de situações, até pessoais também, porque tenho uma família e uma série de situações pra administrar", disse o meia.

Leia tudo sobre: RicardinhoAtlético-MGDorivalmercado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG